29/04/2020

Siemens assina acordo de O&M para complexo eólico no RS

A Siemens Energy firmou um contrato de 48 meses com a ADS Energia para a manutenção e operação do Complexo Eólico Corredor dos Senandes, localizado na cidade de Rio Grande, no Rio Grande do Sul. O acordo, que marca a entrada da multinacional alemã no segmento de O&M em geração eólica, contempla soluções de digitalização direcionadas à gestão inteligente de energia da planta, por meio da integração com o seu Centro de Operação Remoto, localizado em Jundiaí.

Com início em maio deste ano, o contrato prevê a gestão de subestações, linha de transmissão e bay de conexão, com suporte técnico local e engenharia de backoffice remota, além do monitoramento avançado por meio de ferramentas móveis que fornecem transparência em tempo real sobre a produção do empreendimento, que prevê potência centralizada de 108 MW entre 40 aerogeradores dispostos em área total de 2.263 hectares...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133293/siemens-assina-acordo-de-om-para-complexo-eolico-no-rs

Fornecimento de energia atinge melhores níveis históricos de qualidade em 2019

A qualidade dos serviços de distribuição de energia elétrica melhorou e atingiu níveis recordes em 2019, conforme apontam os indicadores DEC (que mede a duração das interrupções) e FEC (frequência das interrupções) apurados pela ANEEL. Ao longo do ano passado, o serviço permaneceu disponível por 99,85% do tempo, na média do Brasil.
Em 2019, os consumidores ficaram 12,77 horas em média sem energia (DEC), o que representa uma redução de 3,33% em relação a 2018, no qual registrou-se 13,21 horas em média. Nota-se que o valor do DEC no ano de 2019 é o menor valor histórico para esse indicador. A frequência (FEC) das interrupções se manteve em trajetória de melhoria, reduzindo de 7,11 interrupções em 2018 para 6,64 interrupções em média por consumidor em 2019, o que significa uma melhora de 6,61% no período...

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao/-/asset_publisher/XGPXSqdMFHrE/content/fornecimento-de-energia-atinge-melhores-niveis-historicos-de-qualidade-em-2019/656877?inheritRedirect=false&redirect=https%3A%2F%2Fwww.aneel.gov.br%2Fsala-de-imprensa-exibicao%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_XGPXSqdMFHrE%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_count%3D3

Bolsas da Europa fecham em alta, com balanços e setor de energia em foco

As bolsas europeias fecharam com ganhos nesta terça-feira, dia 28. Sem indicadores macroeconômicos importantes, investidores reagiram a balanços corporativos, em jornada com foco também no setor de energia. Além disso, notícias sobre a gradual retomada econômica em alguns países apoiaram o apetite por risco, embora ainda existam incertezas sobre o desenrolar da pandemia do novo coronavírus.

O índice Stoxx 600 fechou em alta de 1,68%, em 341,09 pontos.

O BBH comenta em relatório que o número de mortes pela covid-19 mostra tendência de baixa na maioria dos países da Europa e também nos Estados Unidos, o que apoia os planos para tentar reabrir a economia adiante. Mesmo que continue a existir o temor de uma segunda onda de contágios, se esse processo não for bem feito, hoje essa possibilidade apoiou a tomada de risco nas praças europeias...

Fonte: Isto É Dinheiro

Leia mais em:

https://www.istoedinheiro.com.br/bolsas-da-europa-fecham-em-alta-com-balancos-e-setor-de-energia-em-foco/

Elétricas aumentam apoio a iniciativas de combate à Covid

A EDP Brasil anunciou que irá dobrar o aporte disponível no edital que apoia projetos de enfrentamento à pandemia da Covid-19 em comunidades de baixo poder aquisitivo e indígenas, passando de R$ 1 milhão para R$ 2,1 milhões. Em pouco mais de dez dias, a companhia computou mais de 600 projetos de todos os estados brasileiros, superando a expectativa inicial.

Na primeira rodada, o EDP Solidária – Covid-19 selecionou 24 projetos voltados à doação de alimentos, produtos de higiene e limpeza e outras necessidades básicas, que serão adquiridos por meio de um cartão alimentação destinado aos beneficiários finais, além da aquisição de cestas básicas para comunidades indígenas. As doações, repassadas por meio do Instituto EDP, vão beneficiar diretamente cerca de 20 mil pessoas de todas regiões do país (ES, MT, SP, RS, CE, AP, TO e MA) durante de três meses, totalizando R$ 1,5 milhão para a oferta destes recursos essenciais...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133308/eletricas-aumentam-apoio-a-iniciativas-de-combate-a-covid

Eneva assina contrato para captação de R$ 90 milhões junto ao China Bank

O Conselho de Administração da Eneva aprovou a emissão de R$ 90 milhões em contrato de financiamento junto ao China Bank, com prazo de 12 meses a um custo de CDI (certificados de depósitos interbancários) de mais 2,50% ao ano, informou a companhia em comunicado ao mercado na última segunda-feira (27). O pagamento de juros e principal se dará no vencimento da captação, liquidada em 24 de abril.

Com a celebração da captação, a empresa expande ainda mais sua rede de relacionamentos bancários, incluindo em sua carteira de credores mais uma instituição financeira de presença global. Os recursos provenientes da operação complementam o montante de R$ 410 milhões obtidos por meio da emissão de debêntures anunciada pela companhia em 13 de abril de 2020...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133265/eneva-assina-contrato-para-captacao-de-r-90-milhoes-junto-ao-china-bank

ONS propõe ações para segurança cibernética no setor

O Operador Nacional do Sistema Elétrico submeteu à Aneel uma proposta de Procedimento de Rede, elaborada de forma colaborativa com os agentes, para tratar de critérios e requisitos mínimos de segurança cibernética para a operação do SIN. A ação, explica, foi motivada a partir da percepção de que existiam diferentes níveis de segurança nas empresas do setor e da necessidade de atualizar a regulação sobre o tema de forma a orientar melhor os agentes.

Atualmente, afirma o operador, há um único item nos Procedimentos de Rede que trata do assunto, porém, classifica de forma abrangente e pouco eficaz. “A proposição do ONS busca estabelecer os controles de segurança cibernética a serem implementados nos centros de operação dos agentes, nos equipamentos de infraestrutura de troca de dados entre ONS e agentes, além das salas de controle do próprio Operador”, aponta em comunicado...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133168/ons-propoe-acoes-para-seguranca-cibernetica-no-setor