28/10/2019

Laboratório para medir eficiência de módulos fotovoltaicos é inaugurado no Rio de Janeiro

Cledorvino Belini renuncia a vaga no conselho de administração da Light

A elétrica Light informou nesta sexta-feira que Cledorvino Belini, atual presidente executivo da estatal mineira Cemig, renunciou na véspera ao cargo de membro do Conselho de Administração da companhia.

A saída de Belini ocorre depois de uma oferta pública de ações da Light em julho, na qual a Cemig reduziu a participação na empresa de 50% para 22,6%, deixando de ser controladora da companhia com sede no Rio de Janeiro.

Fonte: Exame

Leia mais em:

https://exame.abril.com.br/negocios/cledorvino-belini-renunciou-a-vaga-no-conselho-de-administracao-da-light/

Bandeira tarifária será vermelha 1 em novembro

A bandeira tarifária vai passar de amarela em outubro para vermelha patamar 1 em novembro, início oficial do período úmido. O custo adicional para o consumidor, vai aumentar de R$ 4,00 a cada 100 kWh consumidos para R$ 4,169, já refletindo a decisão da Agência Nacional de Energia Elétrica de não arrendondar os valores dos adicionais tarifários. A mudança foi aprovada pela agência para atender solicitação da Comissão de Minas e Energia da Câmara dos Deputados...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53116223/bandeira-tarifaria-sera-vermelha-1-em-novembro

Líder do ranking de reclamações do Procon, Energisa sofre CPI em Rondônia e pressão em MS

O presidente da Assembleia Legislativa de Rondônia, Laerte Gomes (PSDB), vai levar para a cidade de Ji-Paraná os membros da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Energisa, empresa privada que atua em 862 municípios, usando o meio público para oferecer serviços de fornecimento de energia elétrica. Sua sede nacional fica Minas Gerais, local onde é produzida a energia... 

Fonte: MS Notícias

Leia mais em:

https://www.msnoticias.com.br/editorias/geral-ms-noticias/lider-do-ranking-de-reclamacoes-do-procon-energisa-sofre-cpi-em/92755/