21/08/2020

Redução de custos do PIX terá impactos na tarifa, prevê Aneel

A Agência Nacional de Energia Elétrica e o Banco Central assinaram nesta quinta-feira (20) acordo de cooperação para uso da ferramenta PIX como opção de pagamento das faturas de energia elétrica pelos consumidores. O novo sistema de pagamentos instantâneo regulamentado pelo BC na semana passada vai reduzir o custo de cobrança da conta de luz para as distribuidoras e permitir a entrada mais rápida de recursos em caixa.

Na prática, isso significa uma redução de custo operacional que será compartilhada com o consumidor, trazendo reflexos positivos nas tarifas de energia, afirmou o diretor-geral da Aneel, André Pepitone, ao participar hoje da abertura da 10ª Reunião Plenária do Fórum PIX.

O impacto positivo também foi reforçado pelo presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto. “Nós entendemos que o PIX tem um potencial enorme de trazer ganhos de eficiência para as distribuidoras elétricas...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53144455/reducao-de-custos-do-pix-tera-impactos-na-tarifa-preve-aneel

Empresa lança ferramenta online para criação de projetos fotovoltaicos

A empresa SICES Solar lançou, nesta semana, a ferramenta Projetos Advanced, que traz funcionalidades como a criação de layout de instalação elétrica e a geração de relatórios detalhados com dados de clima, irradiação, produção de energia, desenhos técnicos, projeto elétrico, performance e viabilidade financeira.

Além disso, a plataforma torna possível criar os projetos com design 3D diretamente no local onde será a instalação, por meio de geolocalização via satélite. A ferramenta é online, com todo armazenamento de informações em nuvem, não sendo necessário realizar nenhum tipo de download ou instalação de software no computador.

Leonardo Camillo Curioni, CEO da SICES, afirma que a chegada da tecnologia no Brasil reduzirá custos para os integradores. “O nosso objetivo é sempre facilitar o trabalho dos nossos clientes, reduzir seus custos e gerar mais negócios. Essa ferramenta vai exatamente ao encontro desse objetivo, ao fazer com que o integrador não precise mais se deslocar até seu cliente para fazer o projeto preliminar de uma instalação. Ele agora poderá fazer todo projeto sem custo de deslocamento ou gastos com transporte...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/871-empresa-lanca-ferramenta-online-para-criacao-de-projetos-fotovoltaicos

Energia solar está se tornando cada vez mais acessível, aponta CEO da ABSOLAR

“Para se ter uma ideia, desde a década de 1970, o preço da energia solar já caiu 253 vezes. Reflexo, este, de uma tecnologia fotovoltaica cada vez mais acessível”. É o que apontou Rodrigo Sauaia, CEO da ABSOLAR (Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica).

O executivo participou do podcast Papo Solar e comentou que a fonte solar vem se tornando mais barata e competitiva, invadindo novos mercados e com novas aplicações.

“A tecnologia foi se barateando de forma expressiva. A utilização da energia solar começou no espaço e foi para regiões mais remotas - onde não tem acesso à rede de distribuição - o que ajudou a levar, consequentemente, energia elétrica para as pessoas”, destacou Sauiaia. 

“Barateada, a solar começou a ser incorporada em edificações, telhados, fachadas e, com custos competitivos, passou a ser usada em usinas de grande porte. A partir daí, começou a penetrar em mercados de bens de produtos, como, por exemplo, em power banks, carregadores de celular e até em mochilas. Sem contar que a solar está presente também em barcos, aviões - com os primeiros modelos não comerciais sendo pilotados - e em alguns carros que possuem tetos solares”, disse o especialista...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/869-energia-solar-esta-se-tornando-cada-vez-mais-acessivel-aponta-ceo-da-absolar

Isa Cteep define nova diretora técnica

A Cteep, controlada pelo grupo colombiano ISA, informou nesta quinta-feira, 20 de agosto, que seu Conselho de Administração elegeu a colaboradora Gabriela Desiré Olímpio como nova Diretora Técnica da companhia, com a posse valendo a partir de 1º de novembro deste ano. Ela substitui Carlos Ribeiro, cujos serviços prestados foram reconhecidos em nota pela transmissora.

Com mais de 25 anos de experiência no setor de energia, Gabriela iniciou sua trajetória como Operadora do Sistema em Furnas, passando à Operadora Nacional do Sistema Elétrico no ONS. Em 2011, assumiu a Gerência de Operações na State Grid e posteriormente como Gerente de Relacionamento Operacional na Neoenergia. Em sua mais recente posição atuou como Diretora de Operações na Evoltz Participações.

A nova diretora é graduada em Engenharia Elétrica e Sistemas Elétricos de Potência pela Universidade Federal do Ceará e tem Especialização em Sistemas de Controle pelo Instituto Militar de Engenharia e Especialista em Sistemas Elétricos pela Universidade Federal de Itajubá, além de MBA em Administração de Empresas e Desenvolvimento Gerencial pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-RJ).

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53144390/isa-cteep-define-nova-diretora-tecnica

Celesc mira comercialização e parcerias para GD solar

A Celesc avalia a entrada em novos negócios para além da distribuição e produção convencional de energia, mirando atualmente as atividades de comercialização e geração distribuída solar, afirmou o Diretor de Geração, Transmissão e Novos Negócios da companhia, Pablo Cupani Carena, durante reunião da Associação dos Analistas e Profissionais de Investimento do Mercado de Capitais – Apimec SP, nesta quinta-feira, 20 de agosto.

O executivo afirmou que a questão vem sendo tratada pelo plano diretor e nas discussões internas da empresa, que tem orientado para um foco maior sob esses segmentos. “Pensamos numa abertura para outros modelos de negócio para que a empresa possa aumentar seus ganhos extra distribuição e assim alavancar as receitas do grupo”, resumiu Carena...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53144440/celesc-mira-comercializacao-e-parcerias-para-gd-solar