top of page

17/06/2024

ONS: consumo de energia no país deve terminar junho em 74.399 megawatts médios, alta de 4,2% ante jun/23

O consumo de energia no Brasil deve terminar junho em 74.399 megawatts médios (MWmed), aponta o Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) no mais recente relatório do Programa Mensal da Operação. O montante é 4,2% maior do que o registrado no mesmo mês de 2023.
No Sudeste/Centro-Oeste, que responde por mais da metade da carga de energia do País, a projeção é que alcance 41.648 MWmed, alta de 3,8% em relação a junho do ano passado. No Sul, a previsão é de 12.575 MWmed, com crescimento anual de 3,1%.
Para o Nordeste a estimativa é de que o consumo fique em 12.451 MWmed, elevação de 4,3%, na mesma base de comparação. Já no Norte a perspectiva é de carga em 7.725 MWmed, crescimento de 8,8%.
Na geração de energia, o ONS estima que a Energia Natural Afluente (ENA) - quantidade de água que chega aos reservatórios para se transformar em energia - fique em 54% da média histórica no Sudeste/Centro-Oeste. Caso esse cenário se confirme, o volume armazenado chegará ao final do mês em 67,6% da capacidade…

Fonte: JB

Leia mais em:

https://www.jb.com.br/economia/2024/06/1050530-ons-consumo-de-energia-no-pais-deve-terminar-junho-em-74-399-megawatts-medios-alta-de-42-ante-jun-23.html

Bill Gates quer investir 'bilhões de dólares' em energia nuclear; entenda o motivo

Bill Gates está preparado para entrar forte em um novo negócio. O bilionário fundador da Microsoft falou que está pronto para investir "bilhões dólares" em um projeto de energia nuclear no estado do Wyoming para satisfazer as crescentes necessidades energéticas dos Estados Unidos.
De acordo com a Bloomberg, a TerraPower, startup fundada por Gates, iniciou a construção de seu primeiro reator comercial na semana passada no estado americano, onde uma usina a carvão está fechando.
O que é a TerraPower?
A TerraPower explora reatores mais simples e baratos desde 2008 e espera concluir o novo reator em 2030. “Coloquei mais de US$ 1 bilhão s e colocarei outros bilhões nesse negócio”, disse Gates, a sexta pessoa mais rica do mundo, de acordo com o Índice de Bilionários da Bloomberg.
A central da TerraPower, que tem o apoio do Departamento de Energia dos EUA, estava inicialmente prevista para operar em 2028. Mas isso significaria depender do combustível da Rússia, o que é “inaceitável agora”, disse Gates no Fareed Zakaria GPS da CNN...

Fonte: Exame

Leia mais em:

https://exame.com/esg/bill-gates-quer-investir-bilhoes-de-dolares-em-energia-nuclear-entenda-o-motivo/

Empresa chinesa inaugura mega parque solar de R$ 1 bilhão no interior do Ceará

A SPIC, gigante chinesa de geração de energia, inaugura, nesta semana, em Jaguaretama, no interior do ceará, seu megaprojeto solar, com investimento de aproximadamente R$ 1 bilhão.
Chamado de Complexo Solar Panati, o empreendimento possui capacidade instalada de 292 MWp.
Em paralelo, a companhia, em parceria com a Canadian Solar, construiu ainda outro parque solar, o Marangatu, no Piauí, também inaugurado oficialmente neste mês. Somados, os projetos receberam aporte de mais de R$ 2 bilhões.
Maior geradora de energia solar do mundo
Os ativos marcam a entrada da SPIC Brasil na geração solar no país. O Grupo SPIC, com sede na China, é atualmente o maior gerador de energia solar do mundo.
O empreendimento cearense conta com oito usinas, ocupando uma área de 741,57 hectares.
Cada unidade nova deverá produzir com potência total instalada de 25MW e capacidade de geração de energia elétrica anual de 71.827 MW/h. Assim, a capacidade instalada do complexo pode chegar a 292 MWp - o suficiente para abastecer cerca de 350 mil residências.

Fonte: Diário do Nordeste

Leia mais em:

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/opiniao/colunistas/victor-ximenes/empresa-chinesa-inaugura-mega-parque-solar-de-r-1-bilhao-no-interior-do-ceara-1.3523521

Enel promete a Lula dobrar investimentos em energia no Brasil

O CEO da empresa italiana de distribuição de energia Enel, Flavio Cattaneo, se comprometeu com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e com o ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, a praticamente dobrar os investimentos no Brasil nos próximos três anos.
A promessa foi feita pessoalmente pelo executivo antes de reunião bilateral entre o presidente Lula e a primeira-ministra da Itália, Giorgia Meloni, ao final da cúpula do G7.
O presidente Lula confirmou que a empresa está disposta a passar dos atuais R$ 11 bilhões em investimentos no país para um total de R$ 20 bilhões até 2027.
Segundo uma fonte do governo brasileiro, a negociação teve o aval da primeira-ministra italiana.
A CNN apurou que o ministro Alexandre Silveira também se reuniu com representantes de pelo menos três grandes empresas italianas com investimentos em infraestrutura no Brasil.
Silveira foi o único ministro a viajar com Lula para o G7, além do chanceler Mauro Vieira, presença obrigatória em todas as cúpulas internacionais. A presença do ministro de Minas e Energia foi importante para o país tentar assegurar mais investimentos dos países ricos na área de energia no Brasil...

Fonte: CNN Brasil

Leia mais em:

https://www.cnnbrasil.com.br/blogs/americo-martins/internacional/enel-promete-a-lula-dobrar-investimentos-em-energia-no-brasil/

SolaX visa dobrar capacidade produtiva de fábrica na China

“A fábrica está atualmente em seu primeiro estágio operacional e o segundo já está em processo de expansão. Nesta segunda etapa, vamos praticamente dobrar o tamanho da fábrica e todas as linhas de produção ficarão dentro desta nova unidade”.
É o que afirmou Gilberto Camargos, diretor-executivo da SolaX Power no Brasil. Em entrevista ao Canal Solar, ele discorreu sobre os diferenciais do empreendimento da empresa, localizado em Zheijang, na China.
Inaugurado em 2022, a capacidade produtiva é de 30 GW (8,76 milhões de unidades anuais) em inversor e 7,4 GW (7,3 milhões de unidades anuais) em baterias. No total, foram investidos em torno de US$ 200 milhões.
Segundo ele, a fábrica ocupa uma área de 100 mil m² e possui 2 mil colaboradores, com mais de 590 colaboradores distribuídos em quatro centros de P&D (Pesquisa e Desenvolvimento).
Com uma produção totalmente automatizada, a unidade fabrica inversores, baterias e acessórios de sistemas de armazenamento, com 30 linhas de produção de ponta e 12 linhas de produção SMT automáticas...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/solax-dobrar-capacidade-produtiva-fabrica/

bottom of page