17/04/2020

Mercado livre de energia vê cenário do setor como incógnita

Uma incógnita. Esse é o pensamento que tem pairado no mercado livre de energia em meio à pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Assim como outros setores da economia, o segmento tem visto alguns números diminuírem, trabalha com renegociações e tem muitas dúvidas em relação a como será o futuro.

Um dos primeiros movimentos que esse mercado sentiu foi o de diminuição do consumo, fruto das reduções e paralisações de determinadas áreas como forma de enfrentamento à doença. Conforme destaca o vice-presidente da Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel), Frederico Rodrigues, o impacto varia de região para região e em diferentes proporções, mas tem trazido consequências...

Fonte: Diário do Comércio

Leia mais em:

https://diariodocomercio.com.br/economia/mercado-livre-de-energia-ve-cenario-do-setor-como-incognita/

O setor de energia solar sente o impacto do Covid-19 e ainda assim prevê crescimento de 260%

O setor de energia fotovoltaica teve uma parada abrupta em decorrência à pandemia que assolou o mundo, afetando a importação, distribuição e a expansão do mercado. A rápida escalada do Covid-19 pelo mundo atingiu diversos setores causando um efeito devastador na economia global.

De acordo com o CEO da We Brazil Energy, todos os setores estão passando por dificuldades, o de energia fotovoltaica não é diferente, porém, a empresa tem na criatividade a principal aliada. “A gente tinha uma programação grande estabelecida com algumas fábricas quando começou. Focamos no trabalho home office e temos investido muito em marketing com toda a equipe comercial focada em vendas futuras, dando condições especiais a nossos clientes e parceiros. Também estamos buscando negociações junto aos nossos fornecedores para melhores condições de pagamento, além de desenvolver e incrementando ferramentas tecnológicas para assistência à distância aos franqueados”, explica Alex...

Fonte: Segs

Leia mais em:

https://www.segs.com.br/demais/226697-o-setor-de-energia-solar-sente-o-impacto-do-covid-19-e-ainda-assim-preve-crescimento-de-260

Elétricas aumentam esforços e doações em meio ao avanço da pandemia

Com o avanço da crise global humanitária imposta pela propagação do coronavírus, as companhias elétricas seguem se movimentando para mitigar os efeitos da pandemia nas regiões onde atuam e ajudar de alguma forma nesse momento difícil que não tem data para acabar. Na última quinta-feira (16), a Enel Brasil anunciou que destinará R$ 23,4 milhões a ações que incluem distribuição de itens de higiene a comunidades vulneráveis, doação de equipamentos de proteção individual a profissionais de saúde, apoio a pequenos grupos produtivos para confecção de máscaras e desenvolvimento de cursos online.

Como parte do movimento #JuntosNaMesmaEnergia, a empresa também irá entregar, por meio do seu braço de renováveis, a Enel Green Power, equipamentos para leitos de UTI dos hospitais regionais no interior do Piauí, estado onde estão sendo construindo seus maiores parques de geração solar e eólica. Testes rápidos, cestas básicas e kits de higiene também serão doados à população nos arredores dos parques. Recentemente, a empresa também destinou R$ 3 milhões para produção de testes rápidos feitos pela Fiocruz, em parceria com outras empresas do setor elétrico brasileiro...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53132475/eletricas-aumentam-esforcos-e-doacoes-em-meio-ao-avanco-da-pandemia

EDP vê mercado de distribuição encolher 5,1% no primeiro trimestre

O mercado de distribuição de energia elétrica da EDP Brasil encolheu 5,1% no primeiro trimestre de 2020 na comparação com igual período de 2019. No total, foram distribuídos 6.188.183 MWh. Houve queda de 3% no mercado livre e – 6,7% no ambiente regulado. O consumo foi negativo nos segmentos residencial (-2%), industrial (-6,8%), comercial (-2,7%) e rural (-19,2%).

A EDP São Paulo registrou queda de 0,8% no mercado total, com queda de -4,3% no ambiente cativo e alta de 3,3% no ambiente livre. A EDP Espírito Santo registrou recuo de 11,3% no mercado total, com redução de 14% no livre e 9,6% no cativo.

A companhia informou que vem adotando as medidas de monitoramento e prevenção para proteger os seus colaboradores e as comunidades do novo coronavírus (Covid-19). A EDP reforçou a segurança de suas equipes e implantou um plano de contingência a fim de assegurar a continuidade dos serviços prestados...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53132417/edp-ve-mercado-de-distribuicao-encolher-51-no-primeiro-trimestre

ANEEL publica Nota Técnica com avaliações e propostas sobre impactos no setor

A ANEEL publicou nesta quinta-feira (16/4) Nota Técnica com avaliação inicial dos efeitos da pandemia da Covid-19. O documento, elaborado pelo Gabinete de Monitoramento da Situação Elétrica (GMSE) da Agência, contempla eventuais medidas, de curto e médio prazo, para o enfrentamento da crise.
As medidas listadas no documento são sugestões para o debate. Cabem ainda análise e discussão na própria ANEEL e aprofundamento com as instituições do setor elétrico brasileiro.
O GMSE foi criado pela diretoria da ANEEL para identificar efeitos da pandemia no mercado de energia elétrica, monitorar a situação econômico-financeira e de demanda e oferta de energia, bem como coordenar estudos de propostas que visem à preservação do equilíbrio nas relações entre agentes do setor.
A íntegra da nota técnica pode ser acessada aqui.

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao-2/-/asset_publisher/zXQREz8EVlZ6/content/covid-19-aneel-publica-nota-tecnica-com-avaliacoes-e-propostas-sobre-impactos-no-setor/656877?inheritRedirect=false&redirect=https%3A%2F%2Fwww.aneel.gov.br%2Fsala-de-imprensa-exibicao-2%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_zXQREz8EVlZ6%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_pos%3D1%26p_p_col_count%3D3

Crise é oportunidade de impulsionar fontes renováveis na Europa, aponta Enel Green Power

Um dos muitos efeitos da pandemia de coronavírus foi lançar dúvidas quanto a continuidade do crescimento da energia solar na Europa. Para a Enel Green Power, a crise oferece uma oportunidade de impulsionar a demanda por fontes renováveis e criar uma política industrial robusta no continente. “Acreditamos que esse deveria ser o resultado dessa crise, a Comissão Europeia apoiando um Green Deal talvez ainda mais agressivo do que aquele que estava sendo discutido anteriormente”, declarou o diretor da Europa da Enel Green Power, Aristotelis Chantavas, durante um webinar promovido pela entidade SolarPower Europe.

Ele avalia que a indústria estava tendo problemas antes mesmo do COVID-19. “Havia muitos investidores dispostos, mas também muitos obstáculos que tornavam proibitivos novos e rápidos aportes. Tópicos como permissões, integrações, interconexões de rede… para pequenos e médios investidores essas barreiras podem ser gigantescas.”...

Fonte: Portal Solar

Leia mais em:

https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/crise-e-oportunidade-de-impulsionar-fontes-renovaveis-na-europa-aponta-enel-green-power.html

Copel define novo diretor para área de Geração e Transmissão

Em reunião extraordinária na última segunda-feira (13), o Conselho de Administração da Copel elegeu o profissional Thadeu Carneiro Silva como novo Diretor de Operação e Manutenção de Geração e Transmissão – DOM da Copel GeT, para o biênio 2020/2021.

Na oportunidade, o Conselho também aprovou a realização de um aporte de R$ 3,3 milhões na controlada FDA Geração de Energia, visando o pagamento da primeira parcela dos encargos de uso do sistema de transmissão – EUST.

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53132355/copel-define-novo-diretor-para-area-de-geracao-e-transmissao