16/12/2020

Neoenergia launches electric vehicle corridor in northeast Brazil

The corridor will connect the state capitals of Salvador in Bahia and Natal in Rio Grande do Norte, where Neoenergia has a presence through its distribution subsidiaries Coelba and Cosern.

Cities that will be connected include Aracaju, Maceió, Recife and Joao Pessoa, with the route passing through 70 municipalities in six northeastern states. This is expected to open up emobility to thousands of potential new EV drivers.

The first phase of the project is taking place in Salvador and includes an evaluation of EVs on urban routes prior to opening the recharging stations to the public. Six all electric and hybrid vehicles are being tested to evaluate their performance in normal day to day use and to define any improvements...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/industry-sectors/electric-vehicles/neoenergia-launches-electric-vehicle-corridor-in-northeast-brazil/

Enel inicia obra de usinas eólicas e solares no Brasil e prevê investir R$ 5,6 bi

O grupo italiano Enel informou que sua subsidiária Enel Green Power Brasil iniciou a construção de novos projetos de geração renovável no Nordeste do país que somarão 1,3 gigawatt em capacidade e demandarão cerca de 5,6 bilhões de reais.

Os empreendimentos compreendem quatro parques eólicos e um solar, e os aportes estimados consideram um orçamento de cerca de 1,1 bilhão de dólares pela atual taxa de câmbio, disse a Enel em comunicado à imprensa nesta segunda-feira.

Os novos projetos serão apoiados principalmente em contratos de venda da produção futura negociados com clientes corporativos no chamado mercado livre de energia, onde grandes consumidores como indústrias podem fechar contratos de fornecimento de eletricidade diretamente com geradores...

Fonte: Abinee - O Estado de SP

Leia mais em:

http://www.clipping.abinee.org.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=335245&sid=105

Leilão de transmissão deve repetir histórico de forte competição

As turbulências e desafios enfrentados pelo setor elétrico este ano não devem afastar investidores do leilão de linhas de transmissão de energia marcado para quinta-feira. No mercado, a expectativa é de mais um certame competitivo, rendendo elevados deságios, e com espaço para todo mundo: desde investidores estratégicos e “consolidadoras” do segmento de transmissão até empresas menores e de engenharia, que entram esporadicamente nas licitações.

No leilão, um dos últimos do governo federal no ano, serão oferecidos onze lotes de linhas e subestações distribuídos em nove estados. Alguns desses lotes envolvem empreendimentos já operacionais que precisam ser revitalizados - é o caso do lote 5, com uma subestação da gaúcha CEEE-GT, e do lote 11, composto por ativos da Amazonas GT, que optou por não renovar a concessão. Ao todo, estão previstos investimentos de R$ 7,3 bilhões...

Fonte: Abinee - Valor Econômico

Leia mais em:

http://www.clipping.abinee.org.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=335236&sid=105

Pesquisadores do Reino Unido, Portugal e Brasil desenvolveram uma pesquisa que mostrou maior absorção nas células de energia solar, tornando-as mais finas e o que vai ajudar a baratear o preço dos painéis solares na venda. O aumento constatado foi de 125%. Dados do Departamento de Negócios, Energia e Estratégia Industrial mostram que a energia renovável – incluindo a energia solar – representou 47% da geração de eletricidade do Brasil, Portugal e Reino Unido nos primeiros três meses de 2020.

De acordo com Dr. Christian Schuster, do departamento de física da Universidade de York, a equipe encontrou uma maneira simples para aumentar a absorção de células solares finas, que foi desenvolver designs mais sofisticados, ao mesmo tempo em que absorve mais luz nas profundezas do avião e menos luz perto da própria estrutura da superfície…

Fonte: Portal Solar

Leia mais em:

https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/painel-solar/paineis-solares-podem-ficar-mais-baratos-nos-proximos-anos.html

Brasil é o 3º país mais atrativo para investimentos em fonte renovável

O Brasil é o 3º país mais atrativo para se investir em implantação de fontes renováveis. É o que apontou o Climatescope 2020, realizado pela BNEF (BloombergNEF). 

Segundo o índice, que avalia as condições de investimento para energia limpa em economias emergentes e a sua capacidade de atrair capital para fontes de energia de baixo carbono, o Brasil é o maior mercado de energia da América Latina.

O Chile ocupa a primeira posição no ranking, sendo considerado o mercado emergente em que mais vale a pena investir no mercado de energia limpa. Segundo a pesquisa, o país atingiu a meta definida de 20% de energia limpa para 2025, e agora tem como objetivo 60% até 2035.

Na segunda posição está a Índia, que se destacou por ter a meta de energia renovável mais ambiciosa do mundo: atingir 175 GW até 2022…

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/1342-brasil-e-o-3-pais-mais-atrativo-para-investimentos-em-energia-renovavel

BNDES libera R$ 191 milhões para energia solar em São Paulo

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) aprovou o financiamento de R$ 191 milhões para construção de três usinas fotovoltaicas que somam 90 MW de capacidade instalada. O projeto será implantado no município de Pedranópolis, no Noroeste de São Paulo, e deverá gerar quase 1.400 empregos. A entrada em operação está prevista para dezembro de 2021.

O Complexo Fotovoltaico Pedranópolis é um investimento da Powertis, empresa de origem espanhola pertencente ao mesmo grupo da fabricante de trackers Soltec Brasil. Esse é o segundo financiamento do BNDES para projetos dessa natureza à empresa. Em outubro, aprovou o crédito para a construção do Complexo Fotovoltaico Araxá (MG), no valor de R$ 194 milhões.

O BNDES informou em seu comunicado que o financiamento está alinhado ao esforço do Plano Nacional sobre Mudanças Climáticas (PNMC) para redução das emissões de gases de efeito estufa. E também vai ao encontro do PNE 2030, com estratégias para expansão de energia econômica e sustentável pelos próximos dez anos…

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53158145/bndes-libera-r-191-milhoes-para-energia-solar-em-sao-paulo

Amazon investe em 26 novos projetos renováveis

Amazon tornou-se a maior compradora corporativa de energia renovável do mundo e avança em compromisso de zero emissão-líquida de carbono até 2040. Essa posição foi alcançada com a adição de 26 novos projetos eólicos e solares na Austrália, França, Alemanha, Itália, África do Sul, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos. Assim, a gigante do e-commerce eleva para 127 o total de projetos de energia renovável.

Até o momento, investimentos em energia renovável representam 6,5 GW de capacidade de produção – eletricidade suficiente para abastecer 1,7 milhão de residências nos Estados Unidos por um ano. Somente os novos projetos anunciados somam 3,4 GW de capacidade. Neste ano foram 35 projetos, que somam mais de 4 GW de capacidade, o maior investimento corporativo em energia renovável em um único ano…

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53158079/amazon-investe-em-26-novos-projetos-renovaveis

As elétricas Engie Brasil e CPFL Energia se uniram para colocar em prática uma solução inovadora com potencial de aumentar a eficiência dos processos que dependem de comandos de voz na operação de redes elétricas, com potencial de aplicação para distribuidoras, transmissoras e geradoras de energia.

Desenvolvida em conjunto com a Radix – especializada em tecnologia e engenharia, o projeto consiste em utilizar inteligência artificial para reconhecer comunicação de áudio realizada pelas equipes de operação, transcrevendo as informações em linguagem natural e fazer a correlação inteligente desses dados com os eventos da rede.

O sistema baseia-se em dados estruturados e não estruturados, contando com a utilização de técnicas de Data Science em aplicações de pós-operação e tempo real. O projeto conta com recursos do programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), com previsão de entrega para abril de 2022. A Radix executa projetos de P&D desde 2017…

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53157956/eletricas-vao-usar-inteligencia-artificial-para-aumentar-produtividade

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) convida a imprensa para acompanhar, no dia 17 de dezembro, a partir das 9h, pela internet (http://tvB3.com.br) o leilão de transmissão de nº 1/2020. O certame ofertará 11 lotes com previsão de instalação de mais 1.959 quilômetros de linhas de transmissão em nove Estados (AM, BA, CE, ES, GO, MS, MG, RS e SP), e investimento previsto de R$ 7,34 bilhões.

Os lotes serão leiloados em 3 blocos, com início respectivamente às 9h (lotes 9, 10 e 1), 10h30 (lotes 2, 3, 4 e 5) e 11h30 (lotes 6,7,8 e 11), concentrando, no mesmo bloco, lotes que possuem a maior quantidade de proponentes repetidos.

Medidas de segurança

Os eventos realizados durante a pandemia da Covid-19 estão adaptados para garantir a segurança de todos, obedecendo às regulamentações estadual e municipal vigentes em São Paulo e as recomendações do Ministério da Saúde…

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://bit.ly/3a6x6tT