16/10/2020

Enel kickstarts second solar + storage hybrid project in North America

The 284MW Azure solar + storage project is being developed by Enel Green Power in the US state of Texas. The 284MW PV facility will be paired with an 81MW battery for operation as of summer 2021.

Enel’s first solar + storage project in North America, the Lily project, was announced in July.

The project is another milestone in the company’s commitment, announced in July, to invest in renewables-plus-storage hybrids in the United States.

Azure Sky solar + storage will comprise nearly 700,000 PV bifacial panels and is expected to generate over 586GWh each year.

The project will avoid the annual emission of over 386,000 tons of greenhouse gas emissions into the atmosphere. The battery storage system will be capable of storing the power generated by the photovoltaic panels, while also providing services to enhance grid flexibility.

Retailer The Home Depot will procure the electricity generated from a 75MW portion of the Azure Sky solar project through a power purchase agreement (PPA)...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/renewable-energy/enel-kickstarts-second-solar-storage-hybrid-project-in-north-america/

Adesivo em medidor de energia prejudica leitura e pode gerar multa de até R$ 8 mil em AL

Além do risco de acidentes, colar adesivo nos medidores de energia pode prejudicar a leitura das contas de luz. A Equatorial Energia Alagoas alerta que a prática é proibida pela legislação eleitoral e quem desobedecer pode pagar uma multa que varia de R$ 2 mil a R$ 8 mil.

Durante a campanha política, a preocupação é que os alagoanos usem os medidores e postes de energia para fazer propaganda política. Além do perigo, vale lembrar que é proibida a veiculação de qualquer tipo de propaganda eleitoral em bens públicos ou bens cujo uso dependa de cessão ou permissão do poder público e nos bens de uso comum do povo.

A Equatorial explica que há ainda o risco de choques elétricos.

“Esses adesivos impedem a realização da leitura mensal. A conta é faturada pela média, podendo acarretar acúmulo de consumo e impactar no valor do boleto, já que não é possível verificar o que de fato foi consumido. E tem risco, a pessoa pode tocar acidentalmente a rede, levar um choque e ainda provocar o rompimento dos cabos de energia", disse Carlos Morais, gerente de relacionamento da Equatorial...

Fonte: G1

Leia mais em:

https://g1.globo.com/al/alagoas/noticia/2020/10/15/adesivos-em-medidores-de-energia-prejudica-leitura-e-pode-gerar-multa-de-ate-r-8-mil-em-alagoas.ghtml

ANEEL e Apex-Brasil anunciam evento sobre investimentos em leilões de transmissão

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) promovem em 28 de outubro, às 10h, o evento virtual “Leilão de Transmissão 2020: oportunidades de negócios e investimentos no setor de energia brasileiro”, no âmbito do programa Invest in Brasil, da Apex-Brasil.

No evento, realizado em parceria com o Ministério de Minas e Energia e o Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), serão apresentados aspectos técnicos e características de negócios do Leilão de Transmissão nº 01/2020, marcado para 17 de dezembro. Além disso, autoridades do primeiro escalão do Governo Federal vão traçar um panorama da evolução e das perspectivas de crescimento do setor elétrico...

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao-2/-/asset_publisher/zXQREz8EVlZ6/content/aneel-e-apex-brasil-anunciam-evento-sobre-investimentos-em-leiloes-de-transmissao/656877?inheritRedirect=false&redirect=https%3A%2F%2Fwww.aneel.gov.br%2Fsala-de-imprensa-exibicao-2%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_zXQREz8EVlZ6%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_pos%3D1%26p_p_col_count%3D3

A Companhia Hidrelétrica do São Francisco (Chesf) anunciou que irá investir R$ 90,8 milhões no desenvolvimento de uma planta híbrida para geração de energia eólica e solar, no Parque Eólico da companhia, em Casa Nova, na Bahia. O projeto vai combinar as fontes por meio de um sistema inteligente que adiciona a gestão de uso e armazenamento, potencializando o processo de produção.

Com simuladores em tempo real para otimização de desempenho e capacidade de produção qualificada, o sistema será apto à operação, manutenção estável e controle. Para o gerente da Assessoria de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (AEP) da empresa, José Bione, o projeto está baseado em previsão temporal de horas, dias e meses da incidência de ventos e da irradiação solar.

Bione também destaca que após a conclusão, o conjunto permitirá estudos efetivos de desempenho e armazenamento em períodos longos. Os resultados serão usados para melhoria de parques em construção e existentes com a transferência do conhecimento gerado para as equipes técnicas. “As tecnologias desenvolvidas serão constantemente testadas com ensaios, comissionamento e validação dos sistemas”, completou Bione…

Fonte: Portal Solar

Leia mais em:

https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/chesf-anuncia-investimento-de-r-908-milhoes-em-planta-hibrida-na-bahia.html

Siemens anuncia aquisição de 49% da empresa de geração distribuída Brasol e amplia presença no mercado solar brasileiro

A Siemens anunciou a aquisição de 49% da Brasol Participações e Empreendimentos S.A, uma empresa de geração distribuída, e amplia presença no mercado de energia solar brasileiro. De acordo com a companhia, o investimento feito pela área de Private Equity da Siemens Financial Services figura entre os maiores de capital estrangeiro no setor no país. O valor da negociação não foi divulgado.

Essa é a segunda aquisição no Brasil da Siemens Financial Services nesse mercado em cerca de um ano. Em agosto do ano passado, a companhia comprou 20% da Micropower-Comerc, empresa que disponibiliza baterias de armazenamento de energia a partir de contratos de performance.

A companhia informou que, na parceria com a Brasol, os clientes terão acesso a ferramentas e serviços digitais da Siemens através do MindSphere, um sistema operacional baseado em Internet das Coisas (IoT), que permite conectar máquinas e infraestruturas físicas ao mundo digital. Os consumidores também terão à disposição um leque de soluções em energia, incluindo eficiência energética…

Fonte: Portal Solar

Leia mais em:

https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/siemens-anuncia-aquisicao-de-49-da-empresa-de-geracao-distribuida-brasol-e-amplia-presenca-no-mercado-solar-brasileiro.html

Geração distribuída atinge 400 mil unidades no Brasil

O Brasil atingiu 400 mil unidades consumidoras que utilizam energias renováveis (solar fotovoltaica, hidráulica, biomassa, biogás, eólica etc.), alimentadas por mais de 305 mil conexões de sistemas de geração distribuída de energia elétrica, destacou a Associação Brasileira de Geração Distribuída (ABGD). A modalidade foi regulamenta no país em 2012 e experimenta uma curva de crescimento sólida nos últimos anos.

“A tendência mundial é que cada vez mais consumidores optem por uma outra forma de produzir e consumir a própria energia, de maneira mais econômica, eficiente e sustentável”, aponta Carlos Evangelista, presidente da ABGD, em nota à imprensa nesta terça-feira, 13 de outubro.

Após um ano de dificuldade devido à covid-19, 2021 poderá ter um crescimento expressivo de unidades consumidoras e conexões. “A geração distribuída é uma excelente oportunidade em um cenário de recuperação econômica; ela significa economia financeira, redução de perdas com transporte de energia e mais sustentabilidade, uma característica cada vez mais procurada pelos consumidores”, completa…

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53150695/geracao-distribuida-atinge-400-mil-unidades-no-brasil

CADE aprova ingresso da Spic Brasil em complexo termelétrico

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) aprovou, segundo despacho publicado no Diário Oficial da União (DOU) nesta terça-feira, 13 de outubro, o ingresso da Spic Brasil como sócia de duas termelétricas a gás natural em construção no Rio de Janeiro, em Porto do Açu. A operação está sujeita à comunicação às agências de energia elétrica (Aneel) e do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) e à aprovação antitruste na China.

Conforme anunciado em agosto, a Spic Brasil, braço da chinesa Spic, comprou  33% de participação nas usinas GNA I e II, sem valor revelado. O negócio foi possível graças a um acordo firmado com as donas do projeto: Prumo, BP e a Siemens. A Spic também firmou um contrato para participação nos futuros projetos de expansão GNA III e GNA IV, que preveem a utilização combinada do GNL e de gás doméstico das vastas reservas de pré-sal do Brasil.

“Segundo as partes, a operação representa oportunidade para combinarem suas forças individuais para construírem e operarem as usinas termoelétricas, bem como incrementar os projetos potenciais de expansão, a estratégia do terminal de gás e os projetos de energia renovável em que a Spic Brasil contribuirá com a sua expertise em operação e gestão de projetos no Brasil”, destaca o CADE…

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53150700/cade-aprova-ingresso-da-spic-brasil-em-complexo-termeletrico

Engie Brasil recebe patentes de invenção do INPI

A Engie Brasil recebeu suas primeiras patentes de invenção do Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI), por soluções envolvendo o desenvolvimento de sensores ópticos de temperatura a partir da tecnologia de Redes de Bragg e outro para avaliação da condição de geradores elétricos por meio da análise do campo magnético externo.

Conhecidas pela sua importância na comunicação de dados, as fibras ópticas também podem ser usadas como sensores de temperatura, com aplicação em diversos segmentos industriais, mas nesse caso específico foi utilizada para o sensoriamento de mancais e trocadores de calor.

“Os pesquisadores usaram luz ultravioleta e espelhos especiais para conectar descobertas acadêmicas a necessidades industriais, gravando sensores de temperatura diretamente no núcleo de uma fibra óptica”, explica o diretor de Novos Negócios, Estratégia e Inovação da empresa, Guilherme Ferrari.

Desenvolvido em parceria com a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), o protótipo foi instalado na Hidrelétrica Salto Osório, no rio Iguaçu, na altura do município de São Jorge d’Oeste (PR), mostrando-se eficiente em substituição aos sensores convencionais…

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53150417/engie-brasil-recebe-patentes-de-invencao-do-inpi