15/07/2020

Autoleitura ainda é opção à cobrança da conta de luz da Enel pela média

Contas de energia elétrica muito mais altas nos últimos meses na cidade de São Paulo têm sido motivo de ruidosas reclamações nas redes sociais. A elevação, notada desde que começou a quarentena, em março, é resultado de uma mudança temporária de metodologia de cálculo por causa da pandemia do novo coronavírus. Mas a distribuidora Enel, que atende as residências na capital paulista, tem oferecido a possibilidade de autoleitura para o cliente que deseja uma alternativa.

Quando o estado de São Paulo determinou o fechamento de todos os estabelecimentos comerciais não essenciais e que a população ficasse em casa o máximo possível, há quatro meses, a Enel diminuiu o número de funcionários que faziam a medição nos imóveis para proteger os leituristas e os clientes da covid-19. A partir de então, a cobrança das contas de luz passou a ser feita pela média dos 12 meses anteriores, uma medida recomendada pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), que regula o setor. A leitura regular começou a ser restabelecida em junho, mas os valores dos boletos ainda têm causado estranhamento...

Fonte: Exame

Leia mais em:

https://exame.com/seu-dinheiro/apos-multa-de-r-10-milhoes-enel-pede-para-usuario-medir-consumo-de-luz/

Copel conclui primeira etapa do programa de modernização da rede

A Copel anunciou nesta terça-feira, 14 de julho, que concluiu a primeira etapa do programa Confiabilidade Total, cujo investimento total na modernização da rede elétrica do Paraná somará R$ 300 milhões entre 2020 e 2022.

Neste primeiro semestre de trabalhos, foram implantados 597 pontos de automação e 52 sistemas de autorreconstituição da rede elétrica, que identificam o defeito e religam os trechos não afetados, sem a necessidade de interferência humana.

“Vamos dar mais inteligência à operação de redes, fortalecendo o sistema e reduzindo a indisponibilidade de equipamentos na rede. O resultado desse investimento começará a ser sentido já no curto prazo pelos consumidores”, disse o superintendente de Smart Grid e Projetos Especiais da Copel, Julio Omori.

Outra frente de atuação da Copel é o redimensionamento de circuitos alimentadores, a fim de evitar que o impacto dos desligamentos atinja um universo muito grande de unidades consumidoras. Em 2020, esta segmentação foi realizada em 26 circuitos de distribuição...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53140457/copel-conclui-primeira-etapa-do-programa-de-modernizacao-da-rede

Aneel regulariza última cooperativa de eletrificação rural

A Aneel enquadrou a Cooperativa de Eletrificação Rural Centro Jacuí Ltda como permissionária do serviço de distribuição. Com a decisão, a agência reguladora concluiu o processo de regularização das cooperativas, iniciado em 2002.

Localizada no interior do Rio Grande do Sul, a Celetro será a última das 52 cooperativas a assinar o contrato de permissão. Os procedimentos para enquadramento dessas permissionárias foram definidos em 2005 pela autarquia.

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53140503/aneel-regulariza-ultima-cooperativa-de-eletrificacao-rural

Querendo ampliar negócios no Brasil, Aveva vê oportunidades na transformação digital

Considerando os setores de manufatura e industrial brasileiros como essenciais para os seus negócios, Schneider Electric e Aveva buscam aumentar o número de clientes no país. Em coletiva realizada em junho, o CEO da Aveva, Craig Hayman, lembrou que a indústria de energia, assim como as outras do mundo estão produzindo e usando grande quantidade de dados, o que vai exigir tecnologias robustas para a execução das operações. “A transformação digital está impulsionando aplicativos pesados de dados, como a Internet das Coisas e a nuvem, e como resultado, servindo como um ponto de interseção vital para os dados de indivíduos, empresas e economias. O mundo mudou e a maneira como fazemos negócios já está mudando”, avisa o executivo.

A Aveva recentemente foi nomeada líder de mercado pelo relatório Verdantix 2020 Green Quadrant for Asset Performance Management Solutions. Esse relatório dá uma visão detalhada sobre os fornecedores globais mais proeminentes de soluções de gestão de desempenho de ativos. Foram ouvidos 284 gerentes de engenharia e manutenção para avaliar os onze maiores fornecedores globais de APM em 116 critérios...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53140399/querendo-ampliar-negocios-no-brasil-aveva-ve-oportunidades-na-transformacao-digital

ANEEL lança nova base de dados sobre leilões de transmissão

Os leilões de transmissão realizados pela ANEEL desde 1999 proporcionaram investimentos de R$ 229,7 bilhões para o País ao longo desses mais de 20 anos. A estimativa consta dos relatórios interativos lançados pela ANEEL na internet para apresentar os resultados dos certames. (Acesse aqui).
Além dessa informação, os interessados poderão consultar outros dados relevantes como o deságio médio por leilão, as taxas de sucesso, a Receita Anual Permita (RAP) e os empreendimentos e vencedores por leilão.
Os leilões de transmissão têm por objetivo contratar a expansão e a modernização do serviço pela menor Receita Anual Permitida. São esses certames realizados pela ANEEL que garantem os investimentos necessários para propiciar eficiência, segurança, produtividade e desenvolvimento ao setor elétrico e à sociedade brasileira...

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao-2/-/asset_publisher/zXQREz8EVlZ6/content/aneel-lanca-nova-base-de-dados-sobre-leiloes-de-transmissao/656877?inheritRedirect=false&redirect=https%3A%2F%2Fwww.aneel.gov.br%2Fsala-de-imprensa-exibicao-2%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_zXQREz8EVlZ6%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_pos%3D1%26p_p_col_count%3D3

Aneel aumenta tarifa de transmissão de energia; impacto médio nas contas será de 3,92%

A diretoria da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) decidiu nesta terça-feira (14) elevar em 26,6% a tarifa de transmissão de energia para o ciclo 2020-2021.

Com a decisão, o valor total a ser cobrado passará de R$ 27,63 bilhões para R$ 34,9 bilhões. Segundo a Aneel, a mudança deve gerar um impacto médio de 3,92% nas contas de energia.

Entre os motivos da alta na remuneração das distribuidoras, está a entrada em operação de novas linhas.

Segundo a Aneel, o impacto previsto para a tarifa não será aplicado de imediato. Ele será diluído ao longo de cinco anos, já que esse custo foi incluido no empréstimo de quase R$ 15 bilhões de socorro ao setor elétrico...

Fonte: G1

Leia mais em:

https://g1.globo.com/economia/noticia/2020/07/14/aneel-aumenta-tarifa-de-transmissao-de-energia-impacto-medio-nas-contas-sera-de-392percent.ghtml

Delta Energia terá fundo de investimento com foco na distribuição de eletricidade

O grupo Delta Energia, especializado no mercado livre, estuda lançar um fundo de investimento com foco em comercialização de energia destinado a investidores pessoa física.

Segundo o presidente da Delta Energia Asset Management, gestora de fundos do grupo, Luiz Fernando Vianna, a iniciativa busca atrair pequenos investidores, em um momento em que a Selic está na mínima histórica de 2,25% ao ano.

Essa queda estimula a busca por aplicações financeiras mais rentáveis, e o mercado de energia está em franco processo de abertura, com possibilidade de acessar o consumidor residencial em 2024. Ainda não há definição, porém, da data de lançamento do fundo, nem das características do produto a ser oferecido...

Fonte: Valor Investe

Leia mais em:

https://valorinveste.globo.com/produtos/fundos/noticia/2020/07/14/delta-energia-tera-fundo-de-investimento-com-foco-na-distribuicao-de-eletricidade.ghtml

Conheça a diretora que lidera a melhor usina hidrelétrica do Brasil

No mês passado, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) divulgou o ranking das melhores usinas hidrelétricas do Brasil e na liderança está a Usina Peixe Angical.  Localizada no município de Peixe, a 290 quilômetros de Palmas (TO), o empreendimento é operado pela Enerpeixe, empresa que tem como proprietários a EDP (60%) e a Furnas (40%), e na liderança dos 44 funcionários está a diretora-presidente Stella Fuão.

O órgão regulador avaliou 148 usinas de geração de energia na campanha de fiscalização realizada em 2019 e 2020. A UHE Peixe Angical, que está em operação desde 2006, obteve nota 99,40 no ranking geral, com pontuação máxima em cinco dos seis tópicos listados: meio ambiente; segurança; gestão da operação; gestão da manutenção; e operação e manutenção.

Formada em Direito, a executiva começou a carreira no segmento de alimentos e bebidas, no qual trabalhou por 14 anos. “Em 2003 eu fui trabalhar na Companhia Energética de Brasília (CEB). Mudar de área foi um desafio interessante. São setores totalmente diferentes e precisei aprender muito, a parte de regularização principalmente”, afirma... 

Fonte: Você S/A

Leia mais em:

https://vocesa.abril.com.br/carreira/conheca-diretora-lidera-melhor-usina-hidreletrica-brasil/