14/09/2020

Modernização da rede elétrica vai beneficiar 4,5 milhões de paranaenses

A Copel (Companhia Paranaense de Energia) anunciou que irá investir R$ 820 milhões para modernizar a gestão e a distribuição de energia elétrica no Paraná. A iniciativa faz parte do Programa Rede Elétrica Inteligente, lançado na quarta-feira (9) em cerimônia realizada no Palácio Iguaçu, em Curitiba.

Na primeira fase, 151 municípios das regiões Leste, Centro-Sul, Sudoeste e Oeste vão receber a rede de distribuição de energia automatizada. Com o novo sistema, as unidades consumidoras receberão medidores digitais, que se comunicam diretamente com a central de operação da Copel.

Segundo a companhia, a tecnologia vai reduzir o tempo de desligamento provocado por intempéries e outros fatores externos ao sistema. Além disso, tornará possível a leitura de consumo à distância e permitirá que o cliente tenha autonomia para monitorar seu consumo de energia em tempo real, entre outros benefícios...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/969-modernizacao-da-rede-eletrica-vai-beneficiar-4-5-milhoes-de-paranaenses

MME classifica usinas solares como projetos prioritários em MG

O Ministério de Minas e Energia aprovou a implementação das centrais fotovoltaicas Guimarania 1 e 2 como projetos prioritários em Minas Gerais, totalizando 62 MW de capacidade instalada entre 62 unidades geradoras. Os empreendimentos pertencem à empresa Global Power Generation e tem no seu cronograma de conclusão a data de dezembro de 2018.

Com a medida, os projetos podem emitir debêntures de infraestrutura, com incentivos aos investidores. As decisões foram publicadas no Diário Oficial da União e no portal do MME, assim como o provimento para a Cteep, controlada pelo grupo colombiano ISA, com vistas ao desenvolvimento do Lote 6 do Leilão nº 02/2019 da Aneel, que acontece por meio da controlada Interligação Elétrica Tibagi.

As obras envolvem a construção da linha de transmissão em 440 kV UHE Ilha Solteira/Três Irmãos – C2, com extensão de aproximadamente 36 quilômetros, além das interligações de barramentos e demais instalações necessárias às funções deste tipo de ativo. A linha perpassa os estados do Mato Grosso do Sul e São Paulo e tem previsão para ser concluída em junho de 2023.

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53146935/mme-classifica-usinas-solares-como-projetos-prioritarios-em-mg

Elipse Power 5.5 apresenta novidades às distribuidoras

A Elipse Software lançou a nova versão de sua plataforma integrada para gerenciamento de sistemas elétricos. O Elipse Power 5.5 ganhou novas funcionalidades voltadas à importação do do sistema de cadastro da rede de distribuição e manutenção dos seus diagramas esquemáticos de operação, dentro do modelo ADMS.

Além disso, a ferramenta de importação de rede, geração de visualizações esquemáticas e importação para a tela de operação foi otimizada, tornando mais eficientes a criação e manutenção da aplicação.

O módulo Self-Healing também apresenta novidades, como o suporte às redes de distribuição subterrâneas e melhorias tanto na lógica de escolha dos religadores que farão parte da manobra quanto na configuração e seleção dos grupos de ajustes de proteção...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53146990/elipse-power-5-5-apresenta-novidades-as-distribuidoras

Oi e francesa Green Yellow fecham acordo de R$ 44 milhões

A Oi (BOV:OIBR3) (BOV:OIBR4) e a multinacional francesa Green Yellow fecharam um acordo por meio do qual a operadora passará a receber energia elétrica de quatro usinas fotovoltaicas localizadas Minas Gerais, Distrito Federal, Goiás e Mato Grosso.

A informação foi dada pela coluna do Broadcast neste domingo (13). A Green Yellow deve investir aproximadamente R$ 44 milhões para atender a demanda Oi, através de projetos sustentáveis.

Com isso, a tele contará com 14,44 MWp de capacidade instalada, responsáveis por gerar 21,2 GWh por ano para abastecer as estações rádio base por onde trafegam os sinais de internet móvel.

A francesa ainda realizará um serviço diagnóstico e melhoria no consumo de energia em diversos escritórios da operadora, podendo cortar os gastos até pela metade...

Fonte: ADVFN

Leia mais em:

https://br.advfn.com/jornal/2020/09/oi-e-francesa-green-yellow-fecham-acordo-de-r-44-milhoes

Enase 2020 quer ‘olhar para a frente’ e debater modernização já em curso

Foi divulgada a programação da edição 2020 do Encontro Nacional de Agentes do Setor Elétrico. Este ano, o evento promovido pelo Grupo CanalEnergia/ Informa Markets acontece de modo virtual de 29 de setembro a 02 de outubro. Com o tema “Setor Elétrico Nacional: modernização em curso”, o evento vem com o objetivo de ‘olhar para a frente’ e quer discutir de forma positiva como o setor deverá lidar com o pós-pandemia, baseando a sua programação em fatos concretos e avanços de mercado que já estão em curso.

De acordo com o Publisher do Grupo CanalEnergia, Rodrigo Ferreira, o evento vem com a vantagem de falar de uma modernização do setor que já começou. “Vamos discutir como dar sequência naquilo que já está em curso: expansão e operação de uma nova matriz, modelos financeiros de expansão, segurança de mercado e, claro, o prossumidor de energia”, afirma. “A versão digital do evento não perdeu absolutamente nada em relação a conteúdo e esperamos uma audiência ainda maior”, frisa...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53147023/enase-2020-quer-olhar-para-a-frente-e-debater-modernizacao-ja-em-curso