top of page

14/06/2024

Vale (VALE3) confirma busca de investidor para Aliança Energia; entenda

A Vale (VALE3) confirmou que está em busca de um investidor para a Aliança Geração de Energia, mostra comunicado enviado ao mercado na noite de quinta-feira (13). A busca ocorre quase três meses após a aquisição dos 45% que pertenciam à Cemig, por R$ 2,7 bilhões.
Segundo a mineradora, o aumento da participação na Aliança Energia é um passo importante para a criação de uma plataforma de energia, que potencialmente contemplará outros ativos de seu portfólio.
A Aliança é composta por sete usinas hidrelétricas localizadas em Minas Gerais, dois complexos eólicos em operação no Rio Grande do Norte e um complexo eólico em fase final de implantação no Ceará. Juntos, os ativos alcançam 1.438 MW em capacidade instalada e 755 MW médios de garantia física…

Fonte: Money Times

Leia mais em:

https://www.moneytimes.com.br/vale-vale3-confirma-busca-de-investidor-para-alianca-energia-entenda-lmrs/

Um “gato” maior que Belo Monte: furto bilionário cai na conta do consumidor

O furto de energia elétrica no país bateu recorde e chegou a 4.655 megawatts (MW) médios em 2023, com impacto de R$ 6,3 bilhões aos consumidores. Isso porque 70% das perdas financeiras causadas pelo furto de energia são repassadas para a tarifa do cliente regular. A estimativa é de que em média 3% da conta de luz seja destinada a cobrir as perdas com os “gatos”.
Os dados são da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica (Abradee), com base em informações da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).
Segundo a Abradee, não há um levantamento de quanto o furto eleva a conta de luz de cada consumidor porque as perdas são diferentes para cada distribuidora, de acordo com as peculiaridades de cada área de concessão.
A associação diz que apenas 30% do prejuízo com os furtos é custeado pelas distribuidoras. O restante quem paga é o consumidor, por meio da revisão tarifária da Aneel, que considera o peso dessa prática sobre o caixa das companhias...

Fonte: Gazeta do Povo

Leia mais em:

https://www.gazetadopovo.com.br/energia/conta-de-luz-furto-de-energia/

Governo edita medida para tentar salvar Amazonas Energia

O governo federal publicou, nesta quinta-feira, uma medida provisória voltada, principalmente, para socorrer a distribuidora de energia elétrica do Amazonas. Privatizada em 2018, a empresa passa por problemas financeiros e não conseguiu se desfazer de ativos para melhorar sua situação.
Interlocutores do Ministério de Minas e Energia avaliam que a concessão só será viável se forem tomadas medidas que permitam o redesenho do contrato. A conclusão é que a Amazonas Energia precisaria de um novo controlador, é altamente deficitária e tem um débito de R$ 10 bilhões só com a Eletrobras.
A MP prevê ações para garantir a sustentabilidade econômico-financeira da concessão de distribuição de energia elétrica. A concessão para a Amazonas Energia corre o risco de caducidade e é considerada inviável, nas palavras de um integrante do governo.

Fonte: Época Negócios

Leia mais em:

https://epocanegocios.globo.com/empresas/noticia/2024/06/governo-edita-medida-para-tentar-salvar-amazonas-energia.ghtml

Nova subestação de energia de Capanema, no Sudoeste, entrará em operação em 2024

Fortalecida com a entrada em operação da nova Subestação Petrópolis, em Francisco Beltrão, no final de maio, a infraestrutura elétrica do Sudoeste do Paraná vai ser beneficiada ainda neste ano com uma nova unidade – a subestação Barão de Capanema, de 138 mil volts. Prevista inicialmente para 2025, a entrega será antecipada para o final de 2024 com o andamento avançado das obras.
A subestação de Capanema integra um pacote de oito grandes obras, que também incluem a construção de uma nova subestação em Vitorino e a ampliação de seis unidades, que terão duplicada sua capacidade de fornecimento de energia: em Santo Antônio do Sudoeste, em Chopinzinho, Ampère, Planalto, Verê e Francisco Beltrão.
Ao todo, a nova subestação está recebendo R$ 59,9 milhões em investimentos, valor que inclui a construção de uma nova linha de alta tensão para conectá-la à subestação de Santo Antônio do Sudoeste...

Fonte: Aen.pr.gov

Leia mais em:

https://www.aen.pr.gov.br/Noticia/Nova-subestacao-de-energia-de-Capanema-no-Sudoeste-entrara-em-operacao-em-2024

Cemig lança programa para produtores rurais

A Cemig e o Governo de Minas Gerais lançaram o Programa Cemig Agro, iniciativa que prevê uma série de ações para melhoria do fornecimento de energia e do atendimento para produtores rurais mineiros. Entre as medidas estão a criação de canais exclusivos de relacionamento, ampliação de bases operacionais e reforço de equipes, mais recursos para manutenção preventiva e para a modernização da rede.
Para reforçar o atendimento, foram criados dois telefones gratuitos e exclusivos para os clientes agro. No caso de um problema no fornecimento de energia, o produtor rural pode acionar a Cemig pelo telefone 0800-721-6600, tanto para comunicar a falta de energia quanto para acompanhar o andamento da demanda. Os sindicatos rurais também têm um telefone exclusivo, o 0800-722-8989, para comunicação e acompanhamento dos serviços que impactam seus associados. O cliente será atendido por pessoas especializadas e familiarizadas com o ambiente Agro...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53281153/cemig-lanca-programa-para-produtores-rurais

Com IA, Brasil será um dos protagonistas em energia renovável, diz presidente de fundo de investimento saudita

O Brasil se destaca como um dos maiores atores globais em soluções de energia renovável para apoiar a expansão da inteligência artificial, avalia Yasir al-Rumayyan, que lidera do Fundo de Investimento Público da Arábia Saudita; presidente do Conselho de Administração da Saudi Aramco e do FII Institute.
Ele participa do FII Priority Summit, evento que reúne líderes mundiais e executivos, em sua primeira edição na América Latina, no Hotel Copacabana Palace, no Rio de Janeiro. E falou na abertura do evento, que contou também com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do prefeito Eduardo Paes e do governador Cláudio Castro.
Organizada pelo Future Investiment Initiative Institute, entidade sem fins lucrativos e que opera com recursos do Fundo de Investimento Público (PIF) da Arábia Saudita — que detém uma carteira de US$ 925 bilhões em investimento —, o evento, que segue até esta quinta-feira, vai discute temas como transição ecológica, tecnologia e inovação e inclusão social...

Fonte: Abinee – O Globo

Leia mais em:

http://www.clipping.abinee.org.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=361732&sid=105

Decreto de Lula vai obrigar cessão dos postes pelas concessionárias de energia

O governo bateu o martelo e as concessionárias de energia elétrica serão obrigadas a ceder a sua infraestrutura dos postes para que uma empresa neutra regularize a situação. A publicação do decreto foi anunciada hoje, 12, pelo Secretário de Telecomunicações do MCom, Hermano Tercius, no Congresso da Abrint.
Segundo ele, a ideia da cessão obrigatória dos postes pelas concessionárias de energia elétrica foi proposta pelo ministro de Minas e Energia, Alexandre Silveira, em reunião com o ministro Juscelino Filho em reunião da semana passada. A intenção é aproveitar a renovação dos contratos de concessão de energia elétrica, que começam a vencer em 2025, para tornar essa cessão obrigatória.
¨A ideia é colocar em decreto presidencial de renovação das concessões de energia elétrica a cessão obrigatória da infraestrutura. Diferente do que a Aneel está propondo, de ser opcional, o governo vai estabelecer a obrigatoriedade¨, afirmou o secretário de Telecomunicações. Após o decreto, explicou Tercius, caberá à Aneel regulamentar a Entidade Explorador dos postes, cuja figura já foi assinada pela Anatel...

Fonte: Abinee – Tele.Síntese

Leia mais em:

http://www.clipping.abinee.org.br/publique/cgi/cgilua.exe/sys/start.htm?infoid=361715&sid=105

bottom of page