13/09/2021

Decreto cria a Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear

O governo publicou, no Diário Oficial da União de hoje (13), um decreto que cria a Empresa Brasileira de Participações em Energia Nuclear e Binacional (ENBpar), empresa pública organizada sob a forma de sociedade anônima vinculada ao Ministério de Minas e Energia, conforme previsto na Lei nº 14.182/21, que estabelece as regras para a desestatização da Eletrobras.

Entre as medidas previstas pelo decreto está a exigência de que a União continue tendo o controle direto ou indireto das empresas, instalações e participações, detidas ou gerenciadas pela Eletrobras, especificamente Eletrobras Termonuclear (a Eletronuclear) e Itaipu Binacional.

A ENBpar terá, como finalidade, “garantir a manutenção sob o controle da União da operação de usinas nucleares, bem como a titularidade do capital social e a aquisição dos serviços de eletricidade da Itaipu Binacional por entidade da administração pública federal, para atender ao disposto no Tratado entre a República Federativa do Brasil e a República do Paraguai para o aproveitamento hidrelétrico dos recursos hídricos do Rio Paraná, pertencentes em condomínio aos dois países”, informa a Secretaria Geral da Presidência da República...

Fonte: Agência Brasil

Leia mais em:

https://agenciabrasil.ebc.com.br/economia/noticia/2021-09/decreto-cria-empresa-brasileira-de-participacoes-em-energia-nuclear

André Pepitone, diretor-geral da Aneel, agradece ao apoio do Congresso na aprovação do PL 5829/19

Em reunião colegiada da diretoria, no dia 23 de agosto, André Pepitone, diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), aproveitou para demonstrar gratidão ao apoio do Congresso Nacional na aprovação do Projeto de Lei 5829/19, marco legal da geração distribuída no Brasil, que ocorreu no dia 18 de agosto.

O diretor comentou sobre o trabalho que a Aneel tem feito para se aproximar do Congresso Nacional, “que, de alguma maneira, se queixava de falta de diálogo com o regulador”.

Pepitone ficou muito satisfeito com o resultado do avanço que o projeto de lei trará. “Agora não podia deixar de ressaltar que conseguimos avançar em um dos maiores imbróglios do setor elétrico, que foi o marco legal da geração distribuída da energia solar, onde houve uma atuação que envolveu Aneel, MME [Ministério de Minas e Energia] e também o Parlamento...

Fonte: Portal Solar

Leia mais em:

https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/geracao-distribuida/andre-pepitone-diretor-geral-da-aneel-agradece-ao-apoio-do-congresso-na-aprovacao-do-pl-5829-19.html

Com alta da energia, procura por painéis solares no Ceará dispara em 2021

Com a conta de energia mais cara a cada mês - e perspectivas de aumento ainda maior com o acionamento da bandeira tarifária “escassez hídrica” - os cearenses têm apostado na instalação de painéis solares para economizar.

De acordo com dados do Sindicato das Indústrias de Energia e de Serviços do Setor Elétrico do Estado no Ceará (Sindienergia/CE), houve um crescimento de 60% no número de unidades instaladas no Ceará, considerando o comparativo do período entre janeiro e agosto de 2021 e os mesmos meses do ano passado.

Ao todo, já são 21.395 unidades receptoras e 16.759 unidades geradoras no Ceará. Os números são diferentes porque uma usina pode gerar energia para mais de um local ao mesmo tempo...

Fonte: Diário do Nordeste

Leia mais em:

https://diariodonordeste.verdesmares.com.br/negocios/com-alta-da-energia-procura-por-paineis-solares-no-ceara-dispara-em-2021-1.3134384

Furtos de energia preocupam distribuidoras em meio ao aumento da conta de luz

Com a conta de luz cada vez mais nas alturas, os consumidores brasileiros têm buscado a todo custo economizar energia para garantir uma renda extra no final do mês. Não é à toa, por exemplo, que a procura por painéis solares tem crescido de maneira avassaladora neste ano.

No entanto, muitas pessoas acabam partindo para outra linha de pensamento e até cometendo crimes para garantir eletricidade sem precisar pagar por ela. É o caso dos furtos de energia elétrica, num procedimento que é popularmente conhecido como “gato”.

Em 2021, o número de ocorrências registradas pelas concessionárias brasileiras mais uma vez chama a atenção. A CPFL Paulista, por exemplo, informou que, somente no primeiro semestre deste ano, já identificou cerca de 14 mil gatos de energia em todas as cidades da sua área de concessão.

Na comparação com o mesmo período de 2019, houve aumento de 35%. Já, frente a 2020, o número se manteve no mesmo patamar, muito em função do maior número de ações de fiscalização. Ao todo, foram 51 medidas de segurança patrimonial nos primeiros seis meses de 2021, com 1.145 boletins de ocorrência registrados e 54 conduções de criminosos à delegacia…

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/furtos-de-energia-preocupam-distribuidoras-em-meio-ao-aumento-da-conta-de-luz/

ANEEL, MME e TAESA inauguram linha de transmissão que ampliará transporte de energia do Nordeste para o Sudeste

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), o Ministério de Minas e Energia (MME) e a Transmissora Aliança de Energia Elétrica (TAESA) inauguraram na manhã deste sábado (11/9), em Janaúba (MG), uma nova linha de transmissão que irá reforçar o transporte de energia do Nordeste para o Sudeste e Centro-Oeste do País.

O diretor-geral da ANEEL, André Pepitone, acompanhado pelo ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, destacou o empreendimento que une os estados da Bahia e de Minas Gerais. “Esse projeto possibilitará o aumento do fluxo do intercâmbio de energia das regiões Nordeste e Sudeste na ordem de 1.600 megawatts”, ressaltou Pepitone.

“Esta obra é fundamental para enfrentarmos a mais severa escassez hídrica dos últimos 91 anos. Ela permite levar energia para a região Sudeste, justamente aquela em que os reservatórios das usinas hidrelétricas estão sendo castigados com o mais longo período de estiagem”, afirmou o diretor-geral da ANEEL na cerimônia de inauguração...

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://bit.ly/3tCusnd

Jetion e OGES firmam parceria com foco em projetos de média e alta potência

A Jetion Solar fechou um acordo comercial com a distribuidora de equipamentos fotovoltaicos OGES para promoção, comercialização e distribuição dos seus módulos no mercado brasileiro.

Segundo a fabricante, a OGES tem planos ambiciosos de desenvolvimento por meio de uma rede de instaladores credenciados nos principais estados brasileiros, iniciando nos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais.

A parceria visa atender, principalmente, projetos para usinas fotovoltaicas, indústrias e comércio de média e alta potência. Para isso, a concentração de oferta está em painéis de alta eficiência monofaciais e bifaciais com 450 Wp.

“A OGES foca na utilização de painéis bifaciais tendo como principal objetivo o aumento na capacidade de geração de energia de até 30% em relação aos painéis monofaciais com um mínimo aumento do investimento”, afirmou a Jetion em nota...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/jetion-e-oges-firmam-parceria-com-foco-em-projetos-de-media-e-alta-potencia/

Light adota nova solução para gestão de serviços

A Light passa a  trabalhar com um novo software de despacho e gestão de equipes, o Workforce Management WFM, solução em nuvem, que otimiza os recursos disponíveis para atendimento em campo e melhora os processos de definição de rotas, controle de gestão de equipes e a eficiência operacional no dia a dia da empresa.  A nova ferramenta deverá ser implantada em todos os processos até junho de 2022.

Com a nova tecnologia será possível, por exemplo, localizar uma equipe de campo que está mais equipada e preparada para realizar o atendimento de determinada demanda durante a jornada de trabalho. O WFM  também fará um controle dos materiais necessários para cada serviço e replanejar automaticamente as rotas considerando situações em tempo real, como trânsito e algum impedimento de deslocamento.

Segundo nota, a Light aponta que essa é mais uma das inciativas que estão sendo implantadas no processo de transformação digital. A meta é de alcançar atendimento automatizado e ágil. Esse é um dos principais desafios da companhia. A meta com  a solução é fornecer aos clientes atendidos otimização dos recursos, agilidade no atendimento e aumento na qualidade do serviço prestado.

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53186742/light-adota-nova-solucao-para-gestao-de-servicos