13/03/2020

Banco do Brasil inaugura sua primeira usina solar

A EDP Smart e o Banco do Brasil (BB) inauguraram oficialmente nesta quinta-feira, 12 de março, a primeira usina solar fotovoltaica destinada a atender a 100 agências das 430 que a instituição financeira possui no estado de Minas Gerais. A elétrica foi a responsável pelo investimento que ficou na casa de R$ 28 milhões em um contrato para o BB e que tem duração de 12 anos.

A estimativa das empresas é de que a central, localizada no município de Porteirinha (MG), é de que a economia alcance cerca de R$ 80 milhões ao longo de 12 anos. Esse valor representa algo como uma redução de 58% na conta de energia dessas agências da instituição, informou o BB. A central tem 5 MW de potência instalada e cálculos apontam que a geração deverá alcançar 14 mil MWh por ano.

Esse é um processo novo para uma instituição financeira, destacou o vice-presidente de Agronegócio e Governo do BB, João Rabelo. Nesse caso da usina inaugurada o projeto demorou um ano desde a licitação ocorrer, mas a empresa já estudava esse tema há três anos...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53129278/banco-do-brasil-inaugura-sua-primeira-usina-solar

Covid-19: elétricas voltam a perder valor de mercado na Bolsa

O Índice de Energia Elétrica (IEEX) da B3 encerrou o pregão desta quinta-feira, 12 de março, com queda de 11,59%, aos 60.947,95 pontos. O valor de mercado das elétricas iniciou uma trajetória de queda generalizada no início da semana, em parte impactadas pelo efeito da pandemia do coronavírus (covid-19) no mundo, mas também por problemas internos políticos e econômicos. Ontem, o IEEX fechou em 68.939,52 pontos, queda de 5,38%.

Todas as 18 ações que compõem o IEEX fecham no vermelho. As quedas mais acentuadas foram protagonizadas por Copel PNB (-9,58%), Energisa UNT (-6,90%), Eneva (-6,80%) e Eletrobras (-5,29%), cotadas a R$ 52,23, R$ 41,26, R$ 23,72, R$ 33,20, respectivamente.

As bolsas em todo o mundo reagiram negativamente a decisão do presidente Donald Trump de proibir voos da Europa, o que causou impacto direto nas empresas aéreas, turismo e combustível. Nesta quinta-feira, as negociações na bolsa de valores de São Paulo precisou ser interrompida por duas vezes e o Ibovespa encerrou o pregão com queda de 14,78%, aos 72.582,53 pontos...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53129281/covid-19-eletricas-voltam-a-perder-valor-de-mercado-na-bolsa

Cemig coloca em operação subestação digital de R$ 8,7 milhões

A Cemig colocou em operação a Subestação Itabira 6, construída no bairro Vale do Sol, no município de mesmo nome. Com investimento de R$ 8,7 milhões, a nova subestação tem capacidade para fornecer energia para de 27 mil pessoas, e vai proporcionar maior qualidade no fornecimento de energia da região, além de possibilitar o atendimento à novas cargas no município e em Santa Maria de Itabira.

De acordo com o gerente de Expansão e Manutenção da Alta Tensão da Distribuição da Cemig, Paulo Clebicar, além de proporcionar melhoria da qualidade do fornecimento de energia à região, a Subestação Itabira 6 utiliza a tecnologia mais atual, garantindo confiabilidade e aumentando a disponibilidade de energia, com possibilidade de atrair novos empreendimentos e gerar mais empregos à população. Totalmente digitalizada, a subestação possui um sistema integrado de supervisão, comando, controle e proteção, que permite aos operadores realizarem, à distância, as intervenções necessárias nos equipamentos de alta tensão. Isto reduz o tempo de interrupção, em caso de falhas ou ocorrências acidentais no sistema elétrico...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53129146/cemig-coloca-em-operacao-subestacao-digital-de-r-87-milhoes

Brasil alcança marca de 200 mil instalações de energia solar distribuída

O Brasil atingiu, em março, a marca de 200 mil instalações de geração distribuída a energia solar fotovoltaica, com um total de 2,3 gigawatts (GW) de capacidade instalada. O dado será anunciado ainda nesta quinta-feira (12) pela Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica (Absolar).

Segundo dados da entidade, esses projetos totalizam R$ 11, 9 bilhões de investimentos acumulados desde 2012.

Apesar do crescimento, a associação entende que o mercado doméstico ainda é pequeno, principalmente considerando a área territorial e o potencial energético da fonte solar do Brasil. O país possui, hoje, 84,4 milhões de consumidores de energia, dos quais apenas 0,3% utilizam sistemas de geração distribuída a energia solar.

Fonte: Valor Econômico

Leia mais em:

https://valor.globo.com/empresas/noticia/2020/03/12/brasil-alcanca-marca-de-200-mil-instalacoes-de-energia-solar-distribuida.ghtml