12/08/2020

New UK energy supplier using AI, digital workforce to disrupt industry

UK energy supplier Rebel Energy, a new challenger in the market, says it will leverage artificial intelligence (AI), automation, and a digital workforce “to reinvent what it means to be an energy supplier with a mission to create a positive impact on the communities it serves.”

Blue Prism’s Cloud and AI capabilities will be used to build a unique operational structure to support the core goal of delivering excellent customer service, while keeping costs low. The company’s business model uses an agile SaaS-based human digital workforce, alongside Blue Prism’s AI and automation “to reimagine existing complicated industry processes and procedures.”

Using a SaaS-based digital workforce to simplify and automate back end processes will allow the company to focus its efforts on recruiting a ‘best in class’ customer servicing team, according to a release from the company...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/industry-sectors/digitalisation/new-uk-energy-supplier-using-ai-digital-workforce-to-disrupt-industry/

Mercado livre de energia tem nova onda de expansão e atrai empresas menores, diz CCEE

O Brasil tem registrado um volume de adesões quase recorde ao mercado livre de energia, ambiente em que empresas com certo nível de consumo podem negociar preços e condições diretamente com companhias de geração ou comercializadoras, ao invés de serem obrigatoriamente supridas por concessionárias de distribuição.

A Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), que administra operações nesse mercado, tem visto um forte ritmo de migração de empresas para o nicho, com cerca de 130 adesões mensais até o momento, atrás apenas dos números de 2016.

"É o segundo melhor ano que estamos tendo. E a razão principal disso são os preços, que estão atrativos", disse à Reuters o presidente do conselho da CCEE, Rui Altieri...

Fonte: Época Negócios

Leia mais em:

https://epocanegocios.globo.com/Economia/noticia/2020/08/epoca-negocios-mercado-livre-de-energia-tem-nova-onda-de-expansao-e-atrai-empresas-menores-diz-ccee.html

Saiba as vantagens e riscos de aderir à tarifa branca na conta de luz

Você sabia que pode pagar um valor diferente pela energia conforme a hora do dia? Segundo Guilherme Susteras, sócio da Sun Mobi, a tarifa branca pode ser uma boa alternativa para quem faz o uso fora dos períodos de menor demanda (manhã, início da tarde e madrugada, por exemplo), oferecendo uma oportunidade de reduzir o valor pago pela energia consumida. 

Nos dias úteis, a tarifa branca tem três níveis tarifários: ponta (mais caro), intermediário e fora de ponta (mais barato). Esses períodos são estabelecidos pela ANEEL (Agência Nacional de Energia Elétrica) e são diferentes para cada distribuidora. Sábados, domingos e feriados contam com a tarifa fora de ponta nas 24 horas do dia. "Os períodos dependem de cada distribuidora, mas, geralmente, o custo da energia fica mais caro entre 17h e 21h", exemplificou Susteras...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/832-saiba-as-vantagens-e-riscos-de-aderir-a-tarifa-branca-na-conta-de-luz

Andrade Gutierrez, BMPI Infra e GreenYellow apostam na energia solar

As empresas Andrade Gutierrez, BMPI Infra e GreenYellow firmaram uma parceria e criaram a Evolua Energia, que atuará em Minas Gerais no segmento de geração distribuída e atenderá pequenos e médios comércios, condomínios e empresas atendidas pela rede de baixa tensão. O investimento inicial foi de R$ 160 milhões.

A primeira usina, localizada em Pirapora (MG), deve começar a operar em outubro com capacidade para 7,5 MWp. O investimento de R$ 25 milhões contou apenas com capital próprio dos sócios.

A meta é que, quando a empresa começar a faturar, seja possível recorrer a financiamentos para alavancar o plano de expansão. O objetivo é atingir, até fim de 2021, 50 MWp e atender mais de 3,6 mil consumidores...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/830-andrade-gutierrez-bmpi-infra-e-greenyellow-apostam-na-energia-solar

China apresenta sistema de armazenamento de energia com ar comprimido

Pesquisadores do Instituto de Engenharia Termofísica da China anunciaram que foi promissor o teste final de um novo sistema de armazenamento de energia usando ar comprimido. A instalação tem capacidade para armazenar até 100 MW do excedente gerado por fontes renováveis de energia, como solar e eólica.

Segundo os engenheiros, a eletricidade é usada para comprimir o ar em tanques, devido a intermitência dessas fontes. O ar comprimido é usado durante a noite ou quando os ventos estiverem fracos, ao girar uma turbina e consequentemente eletricidade, garantindo um suprimento estável e contínuo...

Fonte: Portal Solar

Leia mais em:

https://www.portalsolar.com.br/blog-solar/energia-renovavel/china-apresenta-sistema-de-armazenamento-de-energia-com-ar-comprimido.html

Geradores ZERO GRID viabilizam um novo mercado na geração de energia solar

Os sistemas ZERO GRID comercializados pela ALDO Solar também abastecem o sistema central de ar-condicionado da empresa e trazem economia e independência da concessionáriaDesde a inauguração de sua nova sede em 2018, a ALDO Solar, uma das principais distribuidoras de equipamentos para geração de energia solar do país, vem mostrando ao mercado que o exemplo de sustentabilidade e economia vem de casa.

Em uma área 17 mil metros quadrados, a empresa montou uma verdadeira fábrica de energia limpa e sustentável, que a tornou 100% independente em termos de geração e fornecimento de sua própria eletricidade...

Fonte: Paranashop

Leia mais em:

https://paranashop.com.br/2020/08/geradores-zero-grid-viabilizam-um-novo-mercado-na-geracao-de-energia-solar/

Chinesa SPIC fecha acordo com Prumo, bp e Siemens para projetos de energia no Brasil

A SPIC Brasil, subsidiária da elétrica chinesa State Power Investment Corp, anunciou acordo para comprar 33% dos projetos GNA I e GNA II, localizados no Porto do Açu (RJ), que somam 3 GW em capacidade de geração de energia a partir de GNL (gás natural liquefeito).

A operação foi fechada com a Prumo, empresa brasileira controlada pela EIG Global Energy Partners, a bp e a Siemens, que detêm participação nos empreendimentos no porto fluminense.

As térmicas GNA I e GNA II, atualmente em construção, serão o maior complexo de geração de energia a gás da América Latina, o suficiente para fornecer eletricidade, por exemplo, para até 14 milhões de domicílios...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/829-chinesa-spic-fecha-acordo-com-prumo-bp-e-siemens-para-projetos-de-energia-no-brasil

Marcopolo: ônibus elétricos serão metade da frota do país em até 10 anos

Os ônibus elétricos  devem corresponder à metade da frota do país em um prazo de cinco a dez anos.  A previsão é de Rodrigo Pikussa, diretor do negócio ônibus da Marcopolo. No Brasil, circulam quase 380 mil ônibus, de acordo com estudo realizado com dados de 2018 do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran) e da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT). A prefeitura de São José dos Campos, município do interior de São Paulo, lançou hoje o primeiro projeto do país na modalidade “veículos leves sobre rodas 100% elétrico”, com 12 unidades — que começarão a ser produzidas em março e entregues até o fim de outubro de 2021. A Marcopolo participa do projeto junto com a chinesa BYD. “É um projeto de seis mãos, com a BYD e a prefeitura”, diz Pikussa...

Fonte: Exame

Leia mais em:

https://exame.com/exame-in/marcopolo-onibus-eletricos-serao-metade-da-frota-do-pais-em-ate-10-anos/