04/05/2020

UK’s Smart DCC installs cellular network to support smart meter innovation

UK smart grid management firm Smart DCC’s new Manchester office, Brabazon House, is now host to its own in-building advanced cellular network to enable testing of the latest smart energy technologies and initiatives at Smart DCC’s new site.

The connectivity will be relied on by a total of 19 labs, which will host 2,400 smart meter testing banks, making it one of the largest radio frequency test facilities in Europe. Every month, 70 million messages are transmitted across the national smart meter network and that monitored big data helps identify individual smart installations and pinpoint any issues as they arise in real-time.

The new network will provide the infrastructure to support innovation and growth for Smart DCC and its continued efforts in developing smart meter, home automation and electric vehicle projects. The cellular network capability will allow experimentation and testing to be done in a secure and robust sandbox environment...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/industry-sectors/smart-meters/uks-smart-dcc-installs-cellular-network-to-support-smart-meter-innovation/

Investimentos em renováveis devem continuar no pós Covid-19, diz KPMG

Os investimentos em fontes renováveis devem se manter na retomada da economia após a pandemia de Covid-19. Em webcast setorial realizado pela KPMG na última quinta-feira, 30 de abril, o sócio Manuel Fernandes revelou que essa agenda deve continuar na lista de prioridades das empresas, assim como os movimentos de descarbonização.

De acordo com ele, naturalmente alguns setores mais afetados como transporte, turismo e construção vão sentir um impacto por conta da crise no curto prazo, mas no médio e longo prazo a temática das renováveis será revisitada, já que a sociedade é uma componente dela. Segundo ele, a melhora no meio ambiente trazida pelo confinamento social reforça o apelo pela opção pelas renováveis. “Isso tudo cria ainda mais uma expectativa e uma certeza que é necessário cumprir os compromissos assumidos de reduzir emissões de carbono”, explica...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133664/investimentos-em-renovaveis-devem-continuar-no-pos-covid-19-diz-kpmg

Se dólar passar dos R$6, impacto na tarifa de energia supera 7%, diz Aneel

O diretor-geral da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), Andre Pepitone, afirmou que a agência vem monitorando o impacto da desvalorização cambial sobre as tarifas de energia dos consumidores brasileiros. Nas contas da Aneel, se o dólar superar a casa dos R$ 6, o impacto na conta de luz por conta da compra de energia dolarizada de Itaipu superaria a casa dos 7%, um efeito significativo neste momento de crise do coronavírus.

Nos processos de reajustes tarifários, a Aneel adota um câmbio de referência para calcular as despesas das distribuidoras do Sul e Sudeste com a compra da energia de Itaipu.

No entanto, os valores que estão sendo reconhecidos pelo regulador nas tarifas estão abaixo do câmbio real, criando um ativo regulatório que será cobrando dos consumidores brasileiros ao longo dos próximos reajuste tarifários das empresas...

Fonte: Exame

Leia mais em:

https://exame.abril.com.br/seu-dinheiro/se-dolar-passar-dos-r6-impacto-na-tarifa-de-energia-supera-7-diz-aneel/

Agência assina Memorando para modernização do ambiente de negócios no Brasil

Formalizando o compromisso de promover a modernização do ambiente de negócios no Brasil, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL), a Secretaria-Geral da Presidência da República (SGPR) e o Ministério de Minas e Energia (MME) assinaram, nesta quarta-feira 29/4, Memorando de Entendimentos para o cumprimento das metas estabelecidas no Plano de Modernização do Ambiente de Negócios (PMA).
O Plano, relativo ao indicador Obtenção de Eletricidade, do ranking Doing Business, do Banco Mundial que classifica a facilidade que cada país oferece para se fazer negócios, é um poderoso termômetro da capacidade de atrair investimentos.
Com a assinatura do Memorando, objetiva-se melhorar a prestação do serviço, atingindo pontuação de 90,8 no indicador, até o final de 2022. Isso se dará por meio da atuação conjunta da ANEEL, do MME, da SEME (Secretaria Especial de Modernização do Estado) e das distribuidoras de energia elétrica.
Desta forma, a assinatura do memorando reforça o compromisso da ANEEL em unir esforços para contribuição do ambiente de negócios no Brasil.

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao-2/-/asset_publisher/zXQREz8EVlZ6/content/agencia-assina-memorando-para-modernizacao-do-ambiente-de-negocios-no-brasil/656877?inheritRedirect=false&redirect=https%3A%2F%2Fwww.aneel.gov.br%2Fsala-de-imprensa-exibicao-2%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_zXQREz8EVlZ6%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_pos%3D1%26p_p_col_count%3D3

Weg foca em estratégia digital e ajusta capacidade de fábricas

Em consequência à crise provocada pela pandemia da Covid-19 dentro setor elétrico, a fabricante Weg tem concentrado seus esforços em oportunidades para complementar sua estratégia de negócios digitais, como o lançamento de uma plataforma baseada em IoT, onde os clientes podem desenvolver customizações simples e complexas, possibilitando a criação de sistemas criativos e cocriações para ferramentas tecnológicas e de ganho de eficiência. Em teleconferência aos acionistas nessa quinta-feira, 30 de abril, diretores da companhia falaram um pouco sobre as principais ações e perspectivas que vem trabalhando para os próximos trimestres.

O diretor financeiro da Weg, André Rodrigues, disse que por mais que a área de negócios avalie novas oportunidades, a tomada de decisão atual da diretoria é de que não é o momento de ser mais agressivo no mercado. Ele lembra que há um processo importante em análise no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), da fábrica de transformadores em Betim (MG) e que o que pode acontecer num curto prazo são pequenas aquisições, imateriais em termos de valores, para seguir com seu mote em produtos digitais...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133644/weg-foca-em-estrategia-digital-e-ajusta-capacidade-de-fabricas

Cteep percebe mercado aberto e sem riscos para captação

Em teleconferência ao mercado nessa quinta-feira, 30 de abril, o Diretor Executivo e de Relação com Investidores da ISA Cteep, Alessandro Gregori, afirmou que a companhia não tem percebido riscos de captação no mercado, que segue disponível para sua estratégia de empreender captação mais curtas para a dívida, eventualmente com condição de pré pagamento durante o período de incertezas ocasionado pela pandemia da Covid-19, dadas as condições de alavancagem baixa para honrar os compromissos de vencimento.

“O conselho aprovou a captação de R$ 1,2 bilhão e já temos negociações avançadas com o mercado, que continua aberto, o que é um bom sinal”, avalia o diretor, que disse perceber sim, do ponto de vista dos custos, um aumento efetivo do spreads para essas dívidas. “Com a queda da Selic os custos nominais estão ficando próximos ao valor nominal médio da companhia, com o efetivo reembolso não mostrando muita variação em relação as captações antigas”, explica...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133610/cteep-percebe-mercado-aberto-e-sem-riscos-para-captacao

Nova regra para GD deverá sair ainda em 2020, diz Aneel

As crises de saúde e econômicas causadas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19) atrasaram a discussão sobre a permanência dos subsídios para geração distribuída no Brasil. Desde 2018, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) discute com o mercado a revisão das regras por entender que o regulamento vigente cria um subsídio cruzado em prejuízo aos demais consumidores de energia do mercado cativo.

O debate, porém, transbordou da arena técnica para a política, interrompendo os trabalhos conduzidos pelo regulador em meados do ano passado. A proposta caminhavam no sentido de retirar gradualmente os subsídios para o mercado de geração distribuída, de tal forma que os detentores desse sistemas iniciassem o pagamento pelo uso da rede das distribuidoras...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133653/nova-regra-para-gd-devera-sair-ainda-em-2020-diz-aneel

Distribuição vê o calendário pressionar por mais liquidez

A proximidade da liquidação do mercado de curto prazo das operações de março acendeu o alerta para a situação do segmento de distribuição ante a crise causada pelo novo coronavírus. Sem uma definição ainda quanto a ajuda financeira, este será o primeiro evento de impacto de liquidez nas empresas como efeito da inadimplência e da redução de mercado que está na casa de 20%. A não existência de uma ajuda pode pressionar não somente este segmento, mas a cadeia toda por conta do papel de arrecadador das concessionárias.

Por esse motivo CEOs de empresas veem a necessidade que o governo possa acelerar as ações para que o prazo não seja extrapolado. Seria uma ação inicial sem uma preocupação com o valor exato do tamanho que a chamada conta-covid terá, mas uma primeira tranche para poder trazer o alívio ao setor. E, ao modelo realizado na primeira versão do mecanismo, a conta-ACR, permitiria fazer novos aportes com o tempo...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53133543/distribuicao-ve-o-calendario-pressionar-por-mais-liquidez