03/01/2022

Vestas fecha contrato para 80 aerogeradores no Brasil

A Vestas informou que recebeu dois pedidos para entrega de 80 aerogeradores V150-4.5 MW no Brasil em 2023, somando cerca de 361 MW de potência. O primeiro é de 248 MW entre 55 turbinas para o parque Seridó Oeste, da Elera Renováveis em Parelhas (RN), seguido pelo acordo de 25 unidades geradoras para 113 MW da 2W Energia no município de Icapuí (CE), denominado Kairos.

A entrega das unidades está prevista para acontecer no segundo trimestre de 2023, com comissionamento estimado para o segundo trimestre de 2024 no projeto da Elera, e para o último trimestre do mesmo ano no cronograma da 2W.

No intuito de otimizar a produção de energia durante a vida útil dos ativos, ambos contratos também preveem serviço do tipo Active Output Management 5000 (AOM 5000), valendo por 20 anos e 15 anos respectivamente após as conclusões das obras.

As turbinas são produzidas localmente de acordo com as regras Finame do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), gerando empregos e expandindo a indústria eólica no país. Com os pedidos, a fabricante afirmou ter ultrapassado a marca de 6 GW de entrada no Brasil para aerogeradores V150, com modos de potência de 4,2 MW e 4,5 MW. Globalmente, a turbina V150-4.2 MW ultrapassou 17,5 GW na entrada de pedidos.

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53198549/vestas-fecha-contrato-para-80-aerogeradores-no-brasil

DISTRIBUTECH International announces conference sessions for January 2022 summit

The conference will be side by side with POWERGEN International and aims to bring together global energy transmission and distribution market stakeholders to network, share knowledge and solve problems with utilities, product and service providers.

Discussions will focus on grid modernisation, electric vehicles, energy storage, next-generation utility business cases, smart cities, the Internet of Things, and resiliency planning and preparation.

Grid modernisation

The grid modernisation track will focus on how utilities can improve grid operations through automation, monitoring, control and optimisation. Technologies such as advanced distribution management systems (ADMS), advanced metering infrastructure, microgrids and more will be discussed as tools that utilities can deploy as the grid evolves to meet existing and future challenges...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/event-news/distributech-international-announces-conference-sessions-for-january-2022-summit/

Smart5Grid – the 5G smart grid use cases

Smart5Grid is aimed to develop an infrastructure and services for the future smart grid based on 5G networking.

The initiative, which was launched in January 2021, is focused on four use cases that are fundamental functions of modern smart grids and that can benefit from characteristics of 5G such as the millisecond level latency and network slicing.

The use cases, of which more details have now been released, are as follows.

#1: Automatic power distribution grid fault detection

This use case will demonstrate the capability to increase the availability of automatic selection function of distribution network failures.

As soon as a failure on the grid is detected, it must be isolated in milliseconds. As such, the 5G network needs to ensure reliable and very fast communication among the intelligent energy devices which are involved in the fault detection process. The idea here is that the rest of the grid continues to operate normally, while the number and the duration of the power interruptions for the affected electricity customers is minimised...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/industry-sectors/smart-grid/smart5grid-the-5g-smart-grid-use-cases/

Equatorial Energia nomeia novo presidente da CEA

A Equatorial Energia comunicou ao mercado que, em reunião realizada na última terça-feira, 28 de dezembro, o Conselho de Administração da companhia decidiu eleger André Luiz Barata Pessoa para o cargo de Diretor. Adicionalmente, o Conselho tomou conhecimento da renúncia de Augusto Dantas Borges ao cargo de Diretor da Equatorial Energia, ao passo em que assume o desafio como Diretor Presidente da CEA, Companhia de Eletricidade do Amapá.

De acordo com o comunicado, Augusto Dantas, que passa agora a conduzir o processo de turnaround na CEA, é formado em Engenharia Elétrica pela PUC-MG. No grupo Equatorial desde 2008, o executivo atuou como Diretor Presidente da Equatorial Maranhão e Diretor Vice-Presidente da Equatorial Pará, tendo também trabalhado na Coelba entre 2002 e 2008.

Já André Luiz detém sólida experiência profissional de 23 anos, com carreira construída em empresas multinacionais e nacionais de grande porte no segmento de Energia, dentre elas Enel, nas áreas de planejamento, engenharia, operações e comercial. O executivo ingressou no grupo Equatorial em junho de 2021.

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53198439/equatorial-energia-nomeia-novo-presidente-da-cea

Energisa produz religadores em nova fábrica

A Energisa inaugurou uma fábrica dos religadores monofásicos em Atibaia (SP), em parceria com a HartBR, desenvolvedora do equipamento e responsável pela sua fabricação e comercialização. O empreendimento é resultado de um projeto de pesquisa que criou um novo modelo de religador. Os equipamentos diversificaram os negócios da Energisa. A empresa utiliza os religadores em suas distribuidoras e passou a comercializá-los para outras concessionárias que atuam nos mercados brasileiro e estrangeiro.

De acordo com a companhia, o projeto foi desenvolvido com tecnologia de ponta. O religador Rocket 1 é o primeiro produto comercial da Energisa criado a partir de recursos do Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Aneel. O novo equipamento tem por objetivo proteger o sistema elétrico, ao isolar trechos onde ocorreu a falta de energia de outros pontos da rede, e permitir, assim, o fornecimento do serviço nestas outras áreas. Desta forma, a instalação dos religadores melhora a qualidade da prestação do serviço de distribuição de energia para os clientes. Adicionalmente, sua aplicação garante a melhoria dos indicadores de continuidade do serviço na faixa de 60% a 70% nos pontos onde ele é instalado…

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53198349/energisa-produz-religadores-em-nova-fabrica

Indian electricity distribution companies respond to sector reform scheme

India’s Ministry of Power has reported that 39 out of the 55 beneficiary state owned distribution companies have now submitted their proposals for distribution sector reform and the remainder are expected to send them shortly.

Among these, the state governments of Assam and Meghalaya are reported to have become the frontrunners, with measures aimed towards loss reduction, the implementation of smart prepaid metering for the majority of their customers and 100% feeder level energy accounting by financial year 2023.

Other proposed measures include the reconductoring of old and/or frayed conductors, conversion to aerial bundled cables, segregation of agriculture feeders and upgrading of billing and other IT/OT systems.

“This time, two of the north-eastern states have shown exemplary initiative in plan formulation for the turning around of their power sector,” the Ministry said in a statement...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/industry-sectors/energy-grid-management/indian-electricity-distribution-companies-respond-to-sector-reform-scheme/

Top 5 smart meter breakthroughs witnessed in 2021

Factors including a lack of funding, consumer resistance and unwillingness by utilities to deploy smart meter technologies in the past years have restrained the growth of the market. Since 2020, the impact of the pandemic on supply chains and 2021 installation procedures have further negatively affected the market.

However, a lot of developments have been achieved despite the negative restraints. We look at the top five achievements realised in 2021.

Europe’s smart meter installation milestone

In 2021, the penetration of smart electricity meters in Europe passed the 50% mark with more than 150 million units installed in consumer households and premises, according to a study released by Berg Insight.

The milestone is owing to increased digitalisation and modernisation of the grid and the enactment of supporting policies as the bloc eyes to achieve energy sustainability goals set under the Fit for 55 and Green Deal packages...

Fonte: Smart Energy

Leia mais em:

https://www.smart-energy.com/industry-sectors/components/top-5-smart-meter-breakthroughs-witnessed-in-2021/

Inmetro vai regulamentar inversores híbridos no Brasil

O Inmetro (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia) deverá apresentar, até o começo do ano que vem, uma portaria que visa regularizar a utilização dos inversores híbridos no mercado fotovoltaico brasileiro.

Trata-se de uma atualização da Portaria nº 004/2011 (que atualmente está em vigor) e que também prevê atualizações para outros segmentos do setor solar. O documento aguarda apenas uma data para ser publicado e começar a valer em definitivo.

Atualmente, segundo as normas brasileiras, não existe um regulamento para a utilização dos inversores híbridos conectados à rede. A legislação permite apenas a instalação de inversores para fontes renováveis conectadas à rede elétrica, mas a operação com baterias, no modo on-grid ou off-grid, ainda não é regulamentada.

De acordo com André Gellers, country manager da SMA,  a medida – quando for publicada – representará um marco para o setor de energia solar...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/inmetro-vai-regulamentar-inversores-hibridos-no-brasil/