02/09/2020

Governo edita Medida Provisória para amenizar impactos na tarifa de energia

A Medida Provisória nº 998/2020, assinada na terça-feira (1/9) pelo Presidente da República, é mais uma ação adotada pelo Governo, com o apoio da ANEEL, no contexto da pandemia da Covid-19, em complemento às medidas implementadas por meio da Medida Provisória nº 950/2020. A MP 950 garantiu a isenção do pagamento das faturas de energia para os consumidores de baixa renda, beneficiários da tarifa social, por três meses, medida que beneficiou mais de 10 milhões de famílias no País. A MP também viabilizou a Conta-Covid, primeira operação de mercado estruturada para preservar a sustentabilidade de um setor de infraestrutura, com aporte de R$ 15,3 bilhões no setor elétrico, atendendo às necessidades de curto prazo causadas pela pandemia, como a redução da capacidade de pagamento dos consumidores e os impactos na capacidade financeira das distribuidoras e demais agentes setoriais.
Esta nova Medida Provisória tem como foco amenizar impactos na conta de luz dos consumidores, também no médio e longo prazos...

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://www.aneel.gov.br/sala-de-imprensa-exibicao-2/-/asset_publisher/zXQREz8EVlZ6/content/governo-edita-medida-provisoria-para-amenizar-impactos-na-tarifa-de-energ-1/656877?inheritRedirect=false&redirect=https%3A%2F%2Fwww.aneel.gov.br%2Fsala-de-imprensa-exibicao-2%3Fp_p_id%3D101_INSTANCE_zXQREz8EVlZ6%26p_p_lifecycle%3D0%26p_p_state%3Dnormal%26p_p_mode%3Dview%26p_p_col_id%3Dcolumn-2%26p_p_col_pos%3D1%26p_p_col_count%3D3

Solatio investirá R$ 1 bi em geração distribuída

Dos R$ 21 bilhões a serem investidos até 2023 pela Solatio Energia Livre, joint venture entre a espanhola Solatio e a mineira CMU Comercializadora de Energia, em usinas fotovoltaicas no Estado, R$ 1 bilhão está sendo destinado à geração distribuída. Ao todo, serão construídos de 80 a 100 parques de 5 megawatts (MW) de potência cada, visando o atendimento a residências e pequenos estabelecimentos comerciais mineiros.

De acordo com o CEO da empresa, Walter Fróes, pelo menos R$ 150 milhões já fora investidos no segmento, desde o ano passado, para a implementação de seis usinas que já se encontram em operação. Outras 10 deverão iniciar os trabalhos até o fim de 2020...

Fonte: Diário do Comércio

Leia mais em:

https://diariodocomercio.com.br/negocios/solatio-investira-r-1-bi-em-geracao-distribuida/

MME e Equatorial Pará assinam 1º compromisso do Mais Luz para Amazônia

O MME (Ministério de Minas e Energia) e a Equatorial Pará assinaram o primeiro termo de compromisso para a implementação do Programa Mais Luz para Amazônia. A iniciativa tem como objetivo levar energia elétrica para os paraenses residentes em regiões remotas da Amazônia Legal no estado que ainda não possui acesso a esse serviço público.

De acordo com o MME, a previsão é de que 10.593 famílias, isto é, cerca de 42 mil pessoas, sejam contempladas no período de 2020 a 2022.

O atendimento será feito por meio de sistemas de geração que utilizam energia renovável, especialmente, a solar fotovoltaica, contribuindo para a preservação da Floresta Amazônica e a diminuição da emissão de gases do efeito estufa, além de incentivar a utilização de fontes renováveis de geração de energia elétrica...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/928-mme-e-equatorial-para-assinam-1-compromisso-do-mais-luz-para-amazonia

Energia solar residencial está mais barata, aponta Greener

Você já pensou em instalar energia solar na sua casa? De acordo com último estudo de mercado realizado pela Greener, empresa de consultoria e pesquisa, o preço de um sistema fotovoltaico de menor porte está mais barato no Brasil.

O levantamento apontou que, desde junho de 2017, os equipamentos para sistemas solares residenciais ficaram cerca de 27% mais rentáveis.

A queda foi resultado da contenção nos preços de serviços de instalação, que caíram 18% no Brasil, o que provavelmente ocorreu devido a uma redução das margens de lucro da empresas do segmento para compensar a alta do dólar...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/noticias/item/929-energia-solar-residencial-esta-mais-barata-aponta-greener

Edge computing será fundamental para 90% das empresas industriais até 2022

Mercado de edge computing chegará a US$ 7,23 bilhões em 2024, diz relatório da Frost & Sullivan

Uma pesquisa da Frost & Sullivan apontou que empresas devem adotar o edge computing até 2022. Segundo o relatório, a chamada computação de borda é uma tecnologia fundamental para empresas industriais, pois oferece latências mais curtas, segurança robusta, coleta de dados responsiva e custos mais baixos.

Nesse ambiente industrial hiperconectado, a edge computing, com seu atributo agnóstico de solução, pode ser usada em vários aplicativos, como ativos autônomos, monitoramento remoto de ativos, extração de dados de ativos perdidos, robótica autônoma, veículos autônomos e fábricas inteligentes…

Fonte: Criptoid

Leia mais em:

https://cryptoid.com.br/identidade-digital-destaques/edge-computing-sera-fundamental-para-90-das-empresas-industriais-ate-2022/

Aneel avalia indicadores de distribuidoras renovadas

Avaliação feita pela Aneel nos indicadores de 25 concessionárias de distribuição com contratos renovados concluiu que 23 delas cumpriram os indicadores individuais de qualidade relacionados à prestação do serviço e 22 atenderam os critérios de eficiência na gestão econômica e financeira no ano de 2018.

Os contratos prorrogados a partir de 2015 trazem cláusulas de desempenho com metas de melhoria a serem avaliadas pela agência reguladora. O descumprimento dessas metas por dois anos consecutivos ou no quinto ano da concessão levam à abertura do processo de extinção do contrato.

Todas as concessionárias analisadas pela Aneel informaram indicadores de qualidade DECi e FECi (que medem a duração e a frequência das interrupções no fornecimento de energia por unidade consumidora) inferiores aos limites estabelecidos para 2018...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53145765/aneel-avalia-indicadores-de-distribuidoras-renovadas

Solar respondeu por quase metade da expansão da matriz elétrica mundial em 2019, diz BNEF

A energia solar liderou a expansão da matriz elétrica mundial em 2019 ao adicionar 118 GW em potência instalada no mundo, segundo levantamento da consultoria BloombergNEF (BNEF) divulgado nesta terça-feira, 1º de setembro. Os dados completos constam no relatório Power Transition Trends 2020.

No ano passado, a energia solar de grande e pequeno porte representaram 45% da expansão da matriz elétrica mundial, enquanto as fontes fósseis, 25%. Ao todo, 81 países construíram ao menos 1 MW de energia solar no último ano. As fotovoltaicas dominaram a expansão da matriz elétrica em vários países, incluindo Austrália, Itália, Namíbia, Uruguai e EUA...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53145703/solar-respondeu-por-quase-metade-da-expansao-da-matriz-eletrica-mundial-em-2019-diz-bnef

Light aplica R$ 150 mi em automação e melhora DEC e FEC

A Light aplicou cerca de R$ 150 milhões na automação de seu sistema elétrico, tendo implementado a tecnologia em 191 circuitos de distribuição, informou a companhia, indicando que a meta é modernizar outras 51 linhas de energia ainda este ano, beneficiando ao todo um milhão de consumidores.

Os aportes da empresa visam aumentar a confiabilidade do sistema ao mesmo tempo em que reduz os custos operacionais, já que a automação da rede possibilita a detectar falhas no sistema e isolar, parcialmente, o trecho com defeito, permitindo o restabelecimento do fornecimento elétrico para uma maior quantidade de clientes até que a ocorrência seja solucionada...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53145543/light-aplica-r-150-mi-em-automacao-e-melhora-dec-e-fec

Cepel realiza novos estudos para eletrificação de isolados

Com a redução do preço de painéis fotovoltaicos no mercado, o Cepel tem se dedicado a novos estudos de Geração Distribuída e Eficiência Energética na área de eletrificação de residências isoladas, visando subsidiar a elaboração de projetos para assegurar as necessidades básicas de iluminação, comunicação e refrigeração de locais sem acesso às redes de distribuição de energia elétrica convencionais.

O pesquisador do Cepel, Leonardo Vieira, e atual gerente do Projeto Institucional, se dedica desde 2012 ao estudo de soluções para a Eletrobras na área de GD, em especial à eletrificação de comunidades isoladas, com pesquisas e ensaios em sistemas do tipo Geração de Energia Elétrica com Fonte Intermitente (SIGFI)...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53145544/cepel-realiza-novos-estudos-para-eletrificacao-de-isolados

Celg GT busca parcerias para o leilão de transmissão

A Celg GT anunciou nessa terça-feira, 1º de setembro, que está em busca de parcerias para construção, operação e manutenção de instalações de transmissão de energia elétrica da rede básica do Sistema Interligado Nacional (SIN), conforme o edital do Leilão nº 001/2020 da Aneel.

Em nota, a companhia afirma que aguarda manifestação até o próximo dia 29 de setembro, quando os interessados devem apresentar a proposta de parceria, conforme termos da Chamada Pública 001/2019, que assim como o termo oficial da CP 002/2020, encontra-se nesse link.

O lote de interesse da empresa é de número 001, cuja sessão pública está marcada para o próximo dia 17 de dezembro. O investimento previsto é de R$ 422,66 milhões, com uma Receita Anual Permitida (RAP) de R$ 55,75 milhões...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53145675/celg-gt-busca-parcerias-para-o-leilao-de-transmissao

ONS lança aplicativo para celular

O primeiro aplicativo do Operador Nacional do Sistema Elétrico (ONS) foi lançado nesta segunda-feira, 31 e agosto. Segundo a entidade, o ONS + nasce com a proposta de encurtar o caminho aos principais dados e informações da operação em tempo real do Sistema Interligado Nacional (SIN), seja para a sociedade e aos profissionais do setor.

A aplicação chega para somar ao site e ao portal de relacionamento SINtegre e faz parte da comemoração de 22 anos do Operador. Na área “aberta”, é possível acompanhar as atualizações online de carga de energia, o balanço energético entre regiões, a geração por fonte e o nível dos reservatórios de forma simples e intuitiva...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53145549/ons-lanca-aplicativo-para-celular