02/05/2022

Maior base de dados climáticos do setor solar será construída no Brasil

O laboratório de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Climatempo fechou uma parceria com a Gesellschaft für Internationale Zusammenarbeit (GIZ – Brasil) e com a EPE (Empresa de Pesquisa Energética) para a construção da maior base de dados direcionada ao segmento solar e eólico.

O projeto, que traz informações de diversas variáveis meteorológicas que impactam diretamente estes setores, tem como objetivo o desenvolvimento e a disponibilização de uma plataforma digital onde estará disponível uma base de dados climáticos.

Além disso, traz um conjunto de produtos e ferramentas visando a geração de informação que contribui para um planejamento de investimentos mais eficiente para o setor.

“Todos os dados disponíveis serão validados por meio de técnicas estatísticas e dos dados observacionais disponíveis, de maneira que o produto final seja extremamente calibrado e confiável para o planejamento destes mercados”, destacou a Climatempo em nota...

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/maior-base-de-dados-climaticos-do-setor-solar-sera-construida-no-brasil/

Nordeste receberá cerca de R$ 50 bilhões em linhas de transmissão para distribuição de energia

O investimento será para linhas de transmissão distribuírem energia eólica e solar do Nordeste para o restante do país

A Empresa de Pesquisa Energética (EPE) e o Ministério de Minas e Energia (MME) estão prevendo investimentos de cerca de R$ 50 bilhões em linhas de transmissão para fornecimento de energia do Nordeste para o restante do país nos anos futuros. O sistema servirá excepcionalmente às produções eólicas e solares que possuem recursos em tarifas que são custeados por todos os consumidores.

De acordo com dados divulgados pelo Poder360 em 27 de abril, as estimativas, que possuem como parâmetro o ano de 2030, referem-se à soma dos estudos divulgados pela EPE até agora, os quais são Estudo de Escoamento de Geração da Região Nordeste e o Estudo de Expansão das Interligações Regionais.

Investimento em linhas de transmissão é recorde no setor elétrico

De acordo com secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético do MME, Paulo César Domingues, o valor planejado para as linhas de transmissão no Nordeste é um recorde se considerarmos o histórico de planejamento do setor elétrico...

Fonte: Click Petróleo e Gás

Leia mais em:

https://clickpetroleoegas.com.br/nordeste-recebera-cerca-de-r-50-bilhoes-em-linhas-de-transmissao-para-distribuicao-de-energia/

O gestor canadense de fundos de pensão CDPQ anunciou nesta sexta-feira a compra dos ativos de transmissão de energia do grupo italiano Terna no Brasil, Peru e Uruguai, por valor patrimonial de mais de 265 milhões de euros, segundo comunicado.

A rede de transmissão da Terna recentemente construída na América Latina estende-se por aproximadamente 1.200 quilômetros nos três países, disseram as empresas em nota.

A aquisição permitirá que o CDPQ (Caisse de dépôt et placement du Québec) entre no mercado latino-americano de transmissão de energia. "Com este primeiro investimento em transmissão de energia no Brasil, Peru e Uruguai, estamos lançando as bases de uma nova plataforma do CDPQ dedicada à transmissão de energia na América Latina, com o objetivo de a tornar uma das players mais relevantes neste setor crítico da economia", declarou o vice-presidente-executivo e Head de Infraestrutura do CDPQ, Emmanuel Jaclot...

Fonte: Economia Uol

Leia mais em:

https://economia.uol.com.br/noticias/reuters/2022/04/29/cdpq-compra-ativos-da-terna-e-entra-em-transmissao-de-energia-na-america-latina.htm

ONS elege novos diretores para os próximos quatro anos

O ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico) anunciou, nesta quarta-feira (27), a nova composição da diretoria a partir de 17 de maio.

Durante reunião virtual, foi aprovado o nome de Elisa Bastos, para diretora de Assuntos Corporativos, e de Christiano Vieira, para diretor de Operação.

Segundo o ONS, os nomes foram eleitos por unanimidade pelos membros associados. Ambos cumprirão mandato de quatro anos, no quadriênio 2022-2026.

Portanto, a diretoria do ONS terá a seguinte composição: Luiz Carlos Ciocchi, diretor-geral; Marcelo Prais, diretor de TI, Relacionamento com Agentes e Assuntos Regulatórios; Alexandre Nunes Zucarato, diretor de Planejamento; Elisa Bastos, diretora de Assuntos Corporativos e Christiano Vieira como diretor de Operação…

Fonte: Canal Solar

Leia mais em:

https://canalsolar.com.br/ons-elege-novos-diretores-para-os-proximos-4-anos/

A State Grid Brazil Holding obteve em abril a licença de instalação para o empreendimento da Linha de Transmissão 500kV Silvânia – Trindade, com antecipação de um ano em relação ao previsto no contrato de concessão. O projeto foi o primeiro a obter a licença de instalação no modelo trifásico conduzido pelo Sistema Ipê da Secretaria de Meio Ambiente do Estado de Goiás. O sistema tem por objetivo a otimização do trâmite dos processos de licenciamento.

De acordo com Ricardo Felix, diretor de Saúde e Meio Ambiente da companhia, a empresa tem muito orgulho de ser precursora no uso do módulo do sistema da Semad-GO, que permite o licenciamento trifásico a partir de uma matriz de impacto inteligente, relevante, relacionando automaticamente as ações impactantes, aspectos, impactos e medidas ambientais, otimizando os prazos de licenciamento. O diretor aponta que o ganho não é somente para o empreendedor ou para o órgão ambiental licenciador, mas sim para a sociedade...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53209912/state-grid-consegue-li-para-lt-silvania-trindade

Portaria para CP de leilão de UTEs da MP da Eletrobras deve sair semana que vem

A portaria com consulta pública para as diretrizes para o leilão de contratação de usinas termelétricas originárias da MP de privatização da Eletrobras deverá ser divulgada na próxima semana. O anúncio foi feto pelo Secretário de Planejamento e Desenvolvimento Energético, Paulo Cesar Magalhães Domingues, durante Workshop sobre o decreto 11.042/2022, que regulamenta a contratação das UTEs. O leilão deve ser realizado no dia 30 de setembro.

O decreto não buscou inovações normativas em cima do que está na lei, mas deixar de forma clara para que o mercado pudesse fazer as suas avaliações. Durante o workshop, a área técnica do MME forneceu mais detalhes e explicou como será a contratação dos 8 GW de térmicas a gás e dos 2 GW de Pequenas Centrais Hidrelétricas. As térmicas entrarão como energia de reserva – devido ao grande volume de energia compulsória alocada – e contratos de 15 anos, enquanto as PCHs virão por forma de energia nova, nos próximos leilões A-5 e A-6, com portaria já publicada e contratos de 20 anos. Esse ano, serão leiloadas térmicas para a região Norte com prazo de início de operação até o fim de 2026 e 2027. A intenção é que esses primeiros leilões sirvam de aprendizado para os próximos...

Fonte: Canal Energia

Leia mais em:

https://www.canalenergia.com.br/noticias/53209898/portaria-para-cp-de-leilao-de-utes-da-mp-da-eletrobras-deve-sair-semana-que-vem

A Agência Nacional de Energia Elétrica – ANEEL anunciou nesta sexta-feira (29/4) que a bandeira tarifária referente ao consumo do mês de maio de 2022 será verde para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional – a malha de transmissão de energia que cobre quase todo o território brasileiro. Com a bandeira verde, que indica condições favoráveis de geração de energia, não há complemento de cobrança na tarifa.

A bandeira é a primeira anunciada pela Agência para todos os consumidores conectados ao Sistema Interligado Nacional desde o fim da Bandeira Escassez Hídrica, instituída pela Câmara de Regras Excepcionais para Gestão Hidroenergética (CREG), vigente de 1º de setembro de 2021 a 15 de abril passado. Durante esse período, a ANEEL continuou responsável por estabelecer a bandeira tarifária para os beneficiários da Tarifa Social de Energia Elétrica, não incluídos entre os pagantes da Bandeira Escassez Hídrica. Para esse grupo, a bandeira tarifária está verde desde dezembro de 2021…

Fonte: Aneel

Leia mais em:

https://www.gov.br/aneel/pt-br/assuntos/noticias/2022/bandeira-em-maio-sera-verde-valida-para-todos-os-consumidores-conectados-ao-sistema-interligado-nacional